Portugal
"Que a justiça desportiva se esforce para ser justa sem olhar a nomes de clubes"
Redação
2021-01-09 17:50:00
Presidente do FC Porto fala da "justiça desportiva" num artigo de opinião na revista Dragões

Pinto da Costa assinou este sábado um artigo de opinião na revista ‘Dragões’, do FC Porto, no qual voltou a abordar a ausência de adeptos no estádios de futebol, ao contrário do que acontece noutras atividades. 

“Desejo que os adeptos possam voltar a frequentar os estádios e os pavilhões para assistir a espetáculos desportivos, da mesma forma que já podem estar presentes em concertos musicais, peças de teatro, touradas e comícios políticos”, começou por escrever. 

Numa lista de desejos para 2021, o presidente dos azuis e brancos faz ainda referência à “justiça desportiva”, apelando a um “esforço” indiferente a nomes de “clubes e agentes". 

“Se esforce para ser justa, sem olhar a nomes de clubes e agentes, e sem decidir em função de preferências pessoais de quem tem de ser absolutamente isento”, acrescentou. 

Em 2021, Pinto da Costa espera ainda que “haja políticos que façam cumprir a lei fundamental do país” e que “todos” possam “voltar a falar em liberdade”, sem que “nenhum português tenha de ter medo de uma qualquer PIDE do século XXI”, pode ler-se.