Portugal
Petit cumpre frente ao Nacional o 250.º jogo como treinador
Redação
2021-02-19 14:10:00
"Vencer seria a cereja no topo do bolo", diz o técnico do Belenenses SAD

O treinador do Belenenses SAD, Petit, cumpre no sábado o 250.º jogo como técnico e manifestou hoje a ambição de vencer e igualar o Nacional na classificação, na 20.ª jornada da I Liga de futebol.

“Sabemos que vai ser um jogo difícil, mas queremos conquistar estes três pontos e encostar ao Nacional, que é importante. Com a marca dos 250 jogos como treinador, sendo um jovem treinador, com 44 anos, vencer seria a cereja no topo do bolo, sem dúvida”, realçou, em conferência de imprensa de antevisão à partida, realizada através da Internet.

Petit olha para os madeirenses, orientados por Luís Freire, como uma equipa “com bons princípios, que gosta de jogar” e, embora faça muitos golos, “também sofre e se expõe muito”, pedindo aos seus jogadores para estarem “concentrados e com boa intensidade e organização”.

“São os pormenores que fazem a diferença dentro do campo. Trabalhamos nas nossas ideias, mas muito em função do adversário. São finais, contra adversários diretos. Faz a diferença o fator da determinação, vontade e intensidade. Será complicado. Quem adotar a melhor estratégia poderá sair mais forte”, alertou.

O plantel dos ‘azuis’ aproveitou o intervalo de cerca de uma semana entre o último jogo (0-0 no reduto do Famalicão) e o duelo com o Nacional para tirar dois dias de folga e “limpar a cabeça”, com mais tempo para trabalhar depois de um ciclo de partidas de três em três dias.

“Tivemos mais tempo para trabalhá-los, dentro das nossas possibilidades de trabalhar e nas nossas ideias e as da equipa do Nacional. Podemos explorar algumas debilidades que possam ter e onde eles nos podem criar perigo. [Esta semana] Foi para recarregar baterias e preparar o jogo de amanhã [sábado]”, disse.

Na primeira volta, na Madeira, as duas equipas empataram sem golos, um resultado alcançado pelo Belenenses SAD por sete vezes em 19 jornadas, o que se expressa no pior ataque (nove golos marcados) e na segunda melhor defesa da I Liga (15 sofridos).

“Somos uma equipa bem organizada em termos defensivos. Temos criado algumas situações de golo para concretizar, não o temos feito. Não sofrendo, estamos mais perto de ganhar. O campeonato está muito competitivo e os jogos têm sido muito nivelados em termos de resultados. Estamos muito motivados para conseguir os três pontos”, expressou.

O Estádio Nacional, em Oeiras, casa emprestada dos lisboetas desde a temporada 2018/19, será o palco da receção aos insulares, depois da interdição total decretada pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) ter sido levantada na quinta-feira.

Belenenses SAD, 13.º classificado, com 18 pontos, e Nacional, 10.º, com 21, defrontam-se a partir das 15:30, na 20.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, com arbitragem de Miguel Nogueira, da associação de Lisboa.