Portugal
Peseiro conta episódios que explicam dedicação de Bruno Fernandes ao Sporting
Redação
2021-03-03 13:50:00
Técnico orientou internacional português em Alvalade

Bruno Fernandes saiu de Alvalade como um ídolo e, em Old Trafford, não demorou muito a conquistar idêntica admiração por parte dos adeptos dos 'red devils', de tal modo que reputada BBC quis conhecer mais e melhor as raízes do nortenho.

Em conversa com José Peseiro, que treinou Bruno Fernandes no Sporting, o ex-técnico leonino fez algumas revelações e contou episódios curiosos vividos de leão ao peito que até agora estavam em 'segredo'.

"Normalmente, quando o treino acabava, ele almoçava no clube e ia ver os sub-19 ou os sub-23 jogar. Gostava de ver os jogos mais do que os outros", revelou Peseiro, salientando que o internacional português é dotado de um profissionalismo que o impressionou no Sporting.

"Ele quer treinar mais do que é possível. O treinador tem que dizer 'Bruno, para!', porque ele quer treinar a cada minuto do dia", referiu José Peseiro, recordando alguns momentos em que, após indicação para o final dos treinos do Sporting, o capitão permanecia a treinar.

"No final de uma sessão, ainda queria ficar a rematar. Se a bola está lá, ele vai querer fazer algo mais, seja antes, durante ou depois do treino", explicou José Peseiro, para quem restam poucas dúvidas de que os britânicos pagaram pouco pela compra de Bruno Fernandes.

"Foi um negócio fantástico para o Manchester United. Ele não é um jogador caro", defendeu José Peseiro, dizendo que a transferência de Bruno Fernandes foi barata para os cofres dos 'red devils'.

"É barato se compararmos o dinheiro que o United pagou com os desempenhos, os golos, as assistências e a forma como melhorou a equipa", afirmou o antigo treinador do Sporting, agora selecionador nacional da Venezuela.

Em 2017, o Sporting contratou o médio internacional português à Sampdória por 8,5 milhões de euros, com a 'Samp' a ficar detentora de 10 por cento de uma potenciação do passe.

Em janeiro de 2020, os leões transferiram Bruno Fernandes para o Manchester United por 55 milhões de euros, mais 25 milhões em variáveis e 10 por cento de potenciação.

Bruno Fernandes, natural da Maia, fez a formação no Infesta, Pasteleira e Boavista, clube do qual saiu ainda júnior para o Novara. Em Itália, jogou ainda na Udinese, da qual se transferiu para a Sampdoria.

No clube genovês esteve apenas uma época, seguindo em 2017/18 para o Sporting, emblema em que se tornou capitão e o mais influente jogador, sendo eleito em duas épocas o melhor jogador da I Liga.