Portugal
“Parte do ordenado de Rafael Leão vai ser penhorado”, avisa Miguel Braga
Redação
2020-12-22 16:00:00
Diretor de comunicação do Sporting confirma cobrança ao ex-avançado dos leões pela via judicial

Miguel Braga, diretor de comunicação do Sporting, confirmou na noite desta segunda-feira, aos meios oficiais do clube, que a penhora de Rafael Leão já começou. 

Agora ao serviço do Milan, onde chegou proveniente do Lille, de França, o ex-avançado dos leões foi condenado pelo Tribunal Arbitral do Desporto a indemnizar os leões em 16,5 milhões de euros por cessação ilícita do contrato, em junho de 2018, no seguimento dos incidentes da Academia de Alcochete. 

“O Sporting, perante aquilo que é um direito seu, está a agir para garantir que será ressarcido. Sabemos que [Rafael Leão] já foi citado na sua morada francesa e italiana e que não se opôs à execução das penhoras”, começou por dizer Miguel Braga no programa Raio-X, da Sporting TV. 

“Não dentro de muito tempo, parte do ordenado do Rafael Leão também vai ser penhorado, para continuar a fazer estes pagamentos”, acrescentou. 

Recorde-se que, com os juros a contar da data de notificação das partes, a ação de execução ascende a valor perto dos 18 milhões de euros. 

Acrescenta o jornal Record que as investidas do Sporting chegaram também à Federação Portuguesa de Futebol, uma vez que os leões pretendem penhorar eventuais prémios futuros a que o jogador tenha direito em virtude das chamadas às Seleções Nacionais.