Portugal
"Os pais são ídolos dos filhos. Não me admira a reação do Francisco Conceição"
Redação
2021-03-02 13:25:00
"No banco levantam-se ao mesmo tempo. Se calhar aquilo é treinado durante a semana", diz Manuel Fernandes

Francisco Conceição deixou o sportinguista Pedro Porro de mão estendida, após o final do clássico entre FC Porto e Sporting, e Manuel Fernandes, antiga glória verde e branca, lamenta a atitude do jovem portista.

"Os pais são os ídolos dos filhos. Por isso, não me admira esta reação do Francisco", comentou Manuel Fernandes, na Sporting TV, deixando reparos à atitude que o futebolista do FC Porto teve.

"O Francisco é um miúdo com um talento muito bom, é um miúdo que tem um futuro à sua frente e tomar estas decisões não lhe fica bem. Mas eu não sou o pai dele", reagiu Manuel Fernandes, aproveitando para velar novamente críticas a Sérgio Oliveira pelas declarações do médio portista após o embate.

"Não dou importância a quem não tem importância. Um ignorante será sempre um ignorante. Não é a primeira vez nem será a última que tomam estas atitudes", disse Manuel Fernandes sobre a declaração de Sérgio Oliveira que, recorde-se, disse que para o Sporting, empatar frente ao FC Porto "é como vencer a Liga dos Campeões".

Sérgio Oliveira, médio do FC Porto, não escondeu a desilusão com o empate frente ao Sporting, deixando uma crítica à postura pouco atrevida dos leões.

"O Sporting empatar aqui, para eles, é uma alegria, normal. Seja estarem a dez, a um ou atrás, para eles, empatar com o FC Porto é ganhar a Champions", atirou o médio internacional português, ele que é um dos capitães do emblema da Invicta.

Ainda sobre o clássico, que terminou empatado sem golos, Manuel Fernandes criticou a forma como os elementos do banco portista se foram manifestando ao longo do embate.

"Eles levantam-se ao mesmo tempo. Se calhar aquilo é treinado durante a semana", justificou, dizendo que o FC Porto não conseguiu reduzir distâncias para a liderança do Sporting mas deve apenas refletir sobre aquilo que tem feito neste campeonato.

"As pessoas não sabem perder e o FC Porto só tem de se desculpar com ele próprio", disse Manuel Fernandes, esperando que, em Alvalade, o foco não se altere para tentar a conquista do título.

"Não vamos embandeirar em arco. Vamos manter o discurso que Rúben Amorim tem, com humildade", salientou Manuel Fernandes, lembrando que o leão é líder "com mérito".

"O Sporting tem nove pontos de avanço por mérito próprio, tem classe. São coisas organizadas e treinadas, não é como o FC Porto que é bola para a frente na confusão e mais nada".

O antigo goleador dos leões acrescentou ainda que "o Sporting já demonstrou que é a equipa mais organizada e trabalhada". "O Sporting está no bom caminho. É manter a cabeça fria e não ter deslumbramentos".