Portugal
"Os do Benfica também foram. No FC Porto não atiraram nada ao treinador"
2024-01-08 11:25:00
"Até lenços brancos houve e atiraram coisas ao treinador do Benfica", lembra ex-capitão do FC Porto Rodolfo Reis

O clima de contestação no FC Porto foi visível após o jogo no Estádio do Bessa, com os jogadores perfilados perante a bancada onde estavam os portistas que endereçaram críticas e alguns insultos. "Palhaços joguem à bola", entre outras críticas, foram ouvidas, sendo que já foram feitos reparos a Sérgio Conceição por, como treinador, sujeitar os seus jogadores a tal tipo de tratamento.

Rodolfo Reis, antigo capitão do FC Porto e histórico ex-jogador dos azuis e brancos, admite que o descontentamento das bancadas acaba por ser natural quando os resultados não aparecem em campo e até dá o exemplo dos adeptos do Benfica de há poucas semanas atrás quando velaram críticas a Roger Schmidt no Estádio da Luz.

"Os do Benfica também foram. Até lenços brancos houve e atiraram coisas ao treinador do Benfica", recordou Rodolfo Reis, em declarações na CMTV, realçando que esse episódio foi recente.

"Não foi há muito tempo", lembrou o antigo jogador e capitão do emblema da cidade Invicta, realçando que, no caso dos adeptos do FC Porto, estes não atiraram coisas ao treinador da equipa.

"Os adeptos do FC Porto têm todo o direito, porque foram incansáveis durante os 101 minutos, de, no final, se estão insatisfeitos, manifestar essa insatisfação"

"No FC Porto não atiraram nada ao treinador do FC Porto nem nada", defendeu Rodolfo Reis sobre um tema que já foi comentado por Sérgio Conceição, técnico dos azuis e brancos, que disse que entendeu o desagrado dos adeptos do FC Porto.

"Estou 100 por cento com os meus jogadores. Os adeptos do FC Porto têm todo o direito, porque foram incansáveis durante os 101 minutos, de, no final, se estão insatisfeitos, manifestar essa insatisfação", disse Sérgio Conceição, em declarações à Sport TV.

"É normal num clube grande. É extremamente difícil para nós, não há ninguém com maior insatisfação que nós. Mas é normal, aplaudem-nos do primeiro ao último minuto e no final expressam a insatisfação", disse ainda o técnico dos dragões.

Conceição confiante no título

A contestação dos adeptos tem feito sentir-se face ao atraso que o FC Porto regista em relação aos rivais lisboetas que seguem nos primeiros lugares da classificação da I Liga.

Apesar do atraso, o treinador do FC Porto acredita que ainda poderá conquistar o título de campeão. "Já estivemos a sete e fomos campeões, já tivemos sete de vantagem e não fomos. É preciso mais de toda a gente", pediu Sérgio Conceição.

"Se todos nós tentarmos ser um bocadinho melhores diariamente, com certeza no final vamos estar mais felizes do que estamos", referiu ainda o treinador dos azuis e brancos.