Portugal
"Contributo negativo para a promoção da modalidade"
2022-09-19 09:45:00
"Valeram os golos para não ser considerado entediante", defende Manuel Machado

O Benfica de Roger Schmidt soma e segue, imparável e a 'atropelar' tudo e todos que aparecem à sua frente seja no campeonato português ou nas provas europeias. Até ao momento, os benfiquistas não sabem o que é perder, sequer o que é o sabor de um empate nesta época desportiva 2022/23.

Com Roger Schmidt o Benfica tem mostrado futebol de pressão constante e foco total na baliza adversária, refletindo-se esta filosofia de jogo em vitórias e várias goleadas que as águias têm vindo a aplicar aos seus adversários ao longo da época que está em curso e que sofre agora uma paragem para dar lugar aos trabalhos das seleções nacionais.

A 'vítima' mais recente do Benfica foi o Marítimo, clube da Madeira que perdeu por 5-0 na tarde de domingo do Estádio da Luz onde quase 60 mil almas benfiquistas vibraram com o futebol de ataque dos comandados de Roger Schmidt que continuam a alargar distâncias na frente para a concorrência.

Perante nova goleada aplicada pelo Benfica no campeonato, Manuel Machado fala de uma campanha das águias que tem sido marcada por vitórias frequentes e diz, por exemplo, que a goleada sobre o Marítimo não ajuda a promover o futebol português.

O experiente treinador, cuja carreira conta com passagens por SC Braga, Vitória de Guimarães, Nacional da Madeira e Moreirense, entre outros emblemas, sustenta que a goleada aplicada pelas águias na Luz "constituiu um contributo negativo da promoção da modalidade, pela desigualdade das forças em confronto e de sentido único do mesmo".

Assim, defende Manuel Machado, em artigo de opinião publicado nas páginas do jornal A Bola, "valeram os golos para não ser considerado entediante".

Alheios a considerações externas e embalados pelas vitórias e golos do Benfica, os adeptos encarnados ajudaram a colorir mais uma tarde de festa na Luz onde Roger Schmidt é cada vez mais um nome incontestável.

Mas o treinador alemão coloca um 'travão' na eventual euforia benfiquista que se possa instalar com a sucessão de bons resultados da turma lisboeta.

"Só olhamos para nós! Tentamos manter-nos focados em cada um dos jogos, que julgo ser o que as outras equipas fazem igualmente. É apenas o início da época, ainda há 27 jornadas por disputar e, neste momento, a vantagem não é decisiva. Para nós, é importante que continuemos a ganhar os nossos jogos", disse Roger Schmidt em conferência de imprensa.

O técnico das águias diz que nota que a equipa joga de "forma confiante, a um bom nível". "E é por isso que estamos a ganhar e todas as vitórias foram justas e merecidas. São as consequências de manter o foco e taticamente jogar bem... e é a jogar assim que se ganham títulos", salientou o técnico.