Portugal
"O tal melhor plantel. É mentira"
2024-04-09 14:40:00
Toni demolidor em relação às opções de Schmidt

Toni, figura ímpar na história do Benfica, lenda vida do emblema da Luz, deixa um comentário demolidor em relação às apostas de Roger Schmidt. Aquele que ainda recentemente foi galardoado com o Prémio Carreira na gala dos 120 anos do Benfica aponta culpas ao treinador que orienta o "tal melhor plantel". Coisa que Toni não concorda.

O antigo treinador e jogador disse que é "uma mentira" quando se diz que o Benfica tem o melhor plantel a nível individual. "Não tem, para mim", afirmou Toni. E explicou-se depois com o exemplo da contratação de David Jurásek, desde logo.

"A época do Benfica fica marcada pela má construção do seu plantel. Tenho um facto que tem que ver com o Jurásek. O Jurásek vem para o Benfica, sei que veio pela vontade do treinador. Portanto, passado um mês e meio aquele jogador que eu [Roger Schmidt] quis e pelo qual obrigo o clube a fazer um investimento na transferência mais os ordenados, que atira para 20 milhões, e voto o empréstimo dele para um clube", criticou Toni.

Toni diz que é "mentira" dizer-se que Benfica tem "melhor plantel"

Além disso, Toni diz que os treinadores devem pedir jogadores para a "ideia de jogo" que defendem. "Eu defino o perfil e vou buscar para essa ideia de jogo. E penso que isso não aconteceu no Benfica", lamentou Toni.

Em declarações no Canal 11, o histórico do Benfica falou de outras contratações como Benjamín Rollheiser. "Chegou em janeiro mas não tem contado para aquilo que era o objetivo do Benfica", observou. "Não entra", disse Toni, realçando: "Prestianni joga na equipa B. O Carreras é outra coisa que eu não entendo", salientou, falando de opções que estão na equipa B.

Toni lembra Rafael Rodrigues da B que não é chamado por Schmidt

"A equipa B serve para quê? É um espaço de avaliação e de evolução de jogadores. Caso contrário, o investimento que se faz na equipa B não faz sentido", resumiu Toni numa fase em que Schmidt é muito contestado. De tal modo, que dizem que é o treinador que "enerva um santo".

"O lateral-esquerdo dos sub-21 de Portugal e vai-se buscar o Carreras? Eu há coisas que me fazem não perceber. Tem que haver uma lógica que sustente as contratações que se vão buscar sempre com a ideia de jogo por trás", aconselhou. Mas Toni tinha mais coisas para desabafar.

"Posso passar para o lateral direito. Só tens um lateral direito, que é o Bah", lamentou Toni, sublinhando que o Benfica não poderia manter-se tanto tempo sem um defesa-esquerdo de raiz.

"Não posso partir para as provas em que o Benfica se envolve com laterais esquerdos adaptados. Não há. Não pode ser. Não é possível. O tal melhor plantel com laterais adaptados não pode chegar aos objetivos que queres".

Ainda dando a sua opinião, Toni falou da forma como o Benfica sofreu o primeiro golo em Alvalade. "A bola a teu favor e a bola de saída aos 50 segundos dá golo? O sinal que tens que dar, é estratégia de jogo, bola nossa, tau, o primeiro sinal é colocar no lado oposto. Bola para trás? Eles pressionaram, dominas mal e aos 50 segundo estás a perder 1-0. É esse sinal que deveria ser dado em colocar a bola para a frente."

Toni é uma figura da história do clube da Luz. Natural de Anadia, Toni serviu o Benfica como jogador e como treinador. Foi campeão nas duas posições. Chegou até a aceitar passar de treinador principal para adjunto de Sven Göran Eriksson. 

Na época de 1993/94, no chamado 'verão quente', vários jogadores deixaram a Luz, alguns até para o rival de Alvalade. Toni segurou as pontas e foi campeão. Chegou mesmo a vencer nessa época o Sporting em Alvalade por 6-3.