Portugal
"O Sporting fica a perder, porque não pode contar. No FC Porto, estão limitados"
2021-09-11 16:30:00
"Preferia ter os jogadores por 20 minutos do que nem sequer ter essa possibilidade", explica Pedro Henriques

Hoje há noite há clássico em Alvalade, mas esta partida entre Sporting e FC Porto, para a quinta jornada da I Liga 2021/22, fica ‘manchada’ pelos problemas causados pela mais recente janela FIFA, com vários leões e dragões a serem chamados às lesões.

Na antevisão da partida, Sérgio Conceição lembrou que esteve “uma semana e meia a trabalhar com dez jogadores”. O FC Porto desloca-se a casa do rival com alguns elementos nucleares, como Luis Díaz e Uribe, a juntarem-se ao grupo horas antes do apito inicial.

Rúben Amorim, também na antevisão do clássico, revelou que Pedro Gonçalves, Gonçalo Inácio, Tiago Tomás e Ugarte vão falhar o embate por se encontrarem lesionados. E os dois primeiros têm sido indispensáveis no onze do técnico do Sporting.

A partida grande da quinta jornada terá assim várias baixas de vulto. Neste comparativo, “o Sporting fica a perder”, uma vez que o FC Porto terá a possibilidade de, “numa emergência”, lançar para o campo os jogadores que regressaram da janela internacional com muitos minutos de jogo e ainda mais quilómetros de viagens.

“Em teoria, o Sporting fica a perder, porque não pode contar. O FC Porto pode contar, pode é não ser muito tempo, dependendo do estado em que regressam. Preferia ter os jogadores a viajar mas com a oportunidade de os pôr a jogar por 20 minutos ou meia hora do que nem sequer ter essa possibilidade, que é o que acontece com o Sporting”, sustentou Pedro Henriques.

“É mais prejudicial para o Sporting porque são mesmo ausências, por lesões”, insistiu o ex-jogador, ao fazer uma antevisão da partida para a Sport TV.

“No FC Porto, são jogadores que se apresentam limitados. Por vezes, há jogadores que atuam limitados e fazem bons desempenhos”, acrescentou, com os colegas do programa ‘Aposta Tripla’ a lembrarem o exemplo de James Rodríguez num jogo com o Benfica, com o colombiano a ser lançado durante o encontro após ter chegado horas antes de um jogo pela seleção e a mostrar-se fundamental.

Pedro Henriques pegou ainda nas lesões de Pedro Gonçalves e Tiago Tomás, “que não tem sido titular”, para antecipar a titularidade do último reforço do Sporting no mercado de transferências que fechou há dias”.

“Se calhar, o Sarabia vai ter que jogar. O Sporting não tem mesmo jogadores à disposição, o que é pior do que os ter limitados”, apontou.

Sporting e FC Porto, em igualdade pontual com 10 pontos, juntamente com o Estoril, defrontam-se no Estádio José Alvalade, em Lisboa, às 20:30, sob arbitragem de Nuno Almeida, já depois do líder do campeonato, o Benfica, ter atuado no campo do Santa Clara, às 18:00.