Portugal
"O Sporting estará amputado na equipa principal", diz Carlos Pereira
2020-09-23 09:55:00
Antigo treinador adjunto verde e branco lamenta ausências por conta da pandemia

O Sporting prepara a estreia oficial na temporada com um jogo frente ao Aberdeen, no acesso à Liga Europa, com várias ausências, entre elas a de Rúben Amorim, que também está em isolamento por conta da pandemia.

Carlos Pereira, antigo treinador adjunto dos leões, lamenta a atual situação e não tem dúvidas de que a somar às dificuldades já conhecidas dos leões em atacar o mercado, com mais estas baixas, será um Sporting "amputado" aquele que se irá apresentar frente ao emblema escocês.

"É difícil contornar. Não há nenhum treinador preparado para isto, a equipa sem a melhor condição física, não há ritmo, jogadores ausentes, e automatismos são complicados", analisa Carlos Pereira.

Em declarações ao jornal O Jogo, o técnico destaca que cada jogador leonino que for a jogo terá de lutar pelo colega que lá não poderá estar.

"Os jogadores só podem deixar a pele em campo e anular, atenuar, as ausências dos colegas."

A equipa está sem competir há vários dias e viu o seu primeiro jogo no campeonato adiado frente ao Gil Vicente.

Rúben Amorim terá assim de montar uma estratégia especial para o jogo frente ao Aberdeen, algo que representará um "um grandíssimo problema" para o clube de Alvalade, no entender de Carlos Pereira face a percalços "inesperados".

Se o jogo não for adiado pelas autoridades de saúde, o embate está agendado para Alvalade, nesta quinta-feira, frente aos escoceses e conta para a 3.ª pré-eliminatória da Liga Europa.