Portugal
“O Kane é um dos melhores, não há muito mais a dizer”, comenta Jorge Simão
2021-08-26 22:45:00
Treinador do Paços de Ferreira destaca as “diferenças abismais” entre os castores e o Tottenham

O internacional inglês Harry Kane foi titular pela primeira vez nesta temporada e, com dois golos, ajudou o Tottenham a eliminar o Paços de Ferreira do ‘play-off’ da Liga Conferência Europa.

“O Harry Kane é um dos melhores avançados do futebol, não há muito mais a dizer. É difícil. Ao mais alto nível, temos de estar no topo das nossas capacidades, como não aconteceu, o que se torna ainda mais difícil”, comentou o treinador do Paços de Ferreira, Jorge Simão.

Na partida de hoje, para a segunda mão do ‘play-off’, os castores apresentaram uma mudança tática, apostando em três centrais.

“A ideia dos três centrais assentou em dois pressupostos: o ciclo terrível de jogos que estamos passar, principalmente, com poucos dias de recuperação entre eles, e cumulativamente, a necessidade de defender a largura completa do jogo, mantendo em simultâneo a largura, na frente, pelos dois alas”, explicou.

“O primeiro golo retraiu a equipa e, mesmo antes, o lance do Kane, aos 20 segundos, deixou-nos em sobressalto, mas não foi por aí, sinceramente, porque estamos a falar de diferenças abismais entre as duas equipas”, complementou Jorge Simão.

Também o treinador do Tottenham, o português Nuno Espírito Santo, destacou a exibição de Kane, dias depois do avançado ter posto um final nos rumores de mercado que o colocavam na rota do Manchester City.

“O Harry Kane está connosco e é mais um que nos vai ajudar. É de esperar muito mais dele e de todos os outros com o avançar dos jogos e das competições. Estamos prontos para o que aí vem”, afirmou.

Sobre a partida, o técnico considerou que o Tottenham jogou “bem” e se mostrou “organizando”, não concedendo “espaços nem oportunidades ao Paços de Ferreira”.

“Tivemos muitas oportunidades de golo, controlámos o jogo e deixámos os adeptos satisfeitos”, finalizou Nuno Espírito Santo.