Portugal
"O Hulk é rico. Mas o nosso amigo do BES era rico e não deixou de roubar"
Redação
2020-11-24 10:25:00
Num comentário aos rumores do regresso de Hulk, antigo capitão do FC Porto acha que o fator financeiro será determinante

No programa da Golos, Rodolfo Reis comentou neste domingo o eventual regresso de Hulk ao FC Porto, sendo que não acredita que o fator financeiro não seja determinante. Existe a teoria de que o internacional brasileiro poderá colocar em primeira linha o fator sentimental e a ligação ao FC Porto, quando decidir o seu futuro, a partir do final do ano, quando se tornar jogador livre.

Mas Rodolfo Reis não acredita nesse tese. E faz um comparação com o caso-BES para defender a sua teoria. "O Hulk é muito rico... Mas as pessoas em Portugal que fazem os maiores desfalques são os grandes banqueiros. Então o nosso amigo do BES era muito rico e não deixou de roubar e de fazer tantas coisas por aí fora", assinalou na CMTV o antigo futebolista do FC Porto.

O antigo capitão considera que o "coração deveria falar" mais vezes, no desporto-rei. Porém, salienta que o futebol atual movimenta milhões. E Rodolfo Reis lembra até a saída de Tiago Pinto, que trocou o Benfica pela AS Roma, para suportar a tese de que o fator financeiro é sempre relevante.

"As pessoas, por muito que tenham, querem sempre mais e mais. O coração deveria falar, mas há uma pessoa que sai [Tiago Pinto, do Benfica] pelo dinheiro. Pelo coração, ele ficaria no Benfica. O Hulk, por algum valor a mais, vem para aqui. Agora, se forem aquelas camionetas de dinheiro que dão de vez em quando...", afirmou.

Rodolfo Reis ficará feliz com este eventual regresso: "Se o Hulk puder vir para o FC Porto, toda a gente vai querer o Hulk. Se eu gostava que viesse? Adoraria que viesse. É um jogador com 34 anos, mas, por aquilo que vamos vendo ainda com muitas capacidades, que por ele próprio consegue resolver jogos".

No entanto, só depois de formalizado um contrato e feita a apresentação do avançado, Rodolfo acreditará. "É um jogador com muito carisma no FC Porto, mas eu sou como São Tomé: é ver para crer".

A verdade é que Hulk tem mesmo uma ligação forte com os campeões nacionais e Rodolfo Reis tem noção dessa realidade. Mesmo assim, não quer alimentar grandes expectativas. "Sei que o Hulk gosta muito do FC Porto, tem muito respeito e gosta do presidente. Sei que o FC Porto ainda não falou sobre o caso. Só vendo", ressalva.

Não obstante a valia do jogador, Rodolfo espera que haja bom senso nesta aposta e que o FC Porto apresente "uma proposta que seja suportável" para o clube. E é esse equilíbrio que espera: "Uma boa proposta para o jogador, que ganhe um dinheiro bom, mas suportável para o FC Porto".

Porém, será difícil este cenário. "Se aparecer um clube a dar-lhe um balúrdio, desde que não seja para jogar nas Arábias nem para a China ou para o Japão, se calhar ele não vem para o FC Porto", teme.

Rodolfo Reis considera que o avançado, apesar da idade, será uma grande mais-valia para a equipa de Sérgio Conceição. E considera que o fator financeiro conta, independentemente da fortuna que o jogador tenha.

O internacional brasileiro, recorde-se, defendeu as cores do FC Porto entre 2008 e 2012, marcando 78 golos nos 170 jogos oficiais que realizou. Hulk venceu quatro campeonatos ao serviço do FC Porto, além de uma Liga Europa, em 2011, com Villas-Boas no comando técnico, na final de Dublin, diante do SC Braga.

Além de Rodolfo Reis, também António Oliveira manifestara reservas quanto a esta contratação. No programa Trio d'Ataque, o antigo selecionador nacional manifestou dúvidas quanto à capacidade financeira dos dragões para formalizar este regresso.

"Vontade terá, mas não estou a ver o FC Porto a ter condições de contratar um jogador com este peso salarial. É preciso encarar isto com algum realismo", disse o antigo selecionador nacional.

Hulk termina contrato com o Shanghai SIPG no final do ano e ficará livre para assinar pelo clube que pretender. De acordo com o jornal O Jogo, a SAD do FC Porto já está no terreno para tentar contratar o avançado, propondo um salário de 1,5 milhões de euros líquidos.

Pinto da Costa também já comentou este rumor de mercado, mas não esclareceu se existe algum tipo de negociação. "Os adeptos do FC Porto já sabem filtrar porque leem tanta asneira... Mas não quero dizer que isto seja asneira", afirmou, referindo-se ao regresso de Hulk.

"Não vou dizer que vem este ou aquele jogador. Posso pensar à frente dos outros, mas também sou conhecido por não falar antes de tempo", complementou o presidente.