Portugal
“O homem da moda ficou em quarto e foi eliminado pelo Varzim da Taça”
2024-04-09 12:50:00
"Temos de pensar três vezes antes de despedir o Roger Schmidt", avisa conhecido benfiquista Nuno Magalhães

A pressão nos ombros de Roger Schmidt é cada vez maior e a saída do treinador é pedida. Várias figuras ligadas ao benfiquismo têm criticado o técnico e pedido o seu adeus ao clube da Luz.

Se na última época Roger Schmidt era adorado pelo 'Terceiro Anel', atualmente é muito contestado. Há até quem veja nele o treinador que "enerva um santo".

Mas ao contrário de vários, há entre conhecidos benfiquistas quem queira manter o treinador. “Eu quero”, começou por dizer Nuno Magalhães relativamente à continuidade de Roger Schmidt.

Amorim "da moda ficou em quarto e eliminado pelo Varzim na Taça"

O ex-deputado na Assembleia da República e conhecido adepto das águias sustenta que, acima de tudo, “quer ganhar”. E isso é maior do que qualquer nome de treinador.

“Sinceramente, teria prudência. Eu sou muito pró-treinador que está. Não gosto de mudar por mudar", avisou Nuno Magalhães, na Sport TV. Aí, deu conta de que Roger Schmidt não pode ser culpado de tudo.

"E acho que o Roger Schmidt, se fizermos uma análise fria, é campeão no primeiro ano, vai aos quartos de final da Liga dos Campeões, vai aos quartos de final da Liga Europa, pelo menos, no segundo ano, discute o campeonato quase até ao fim e perde para um grande Sporting. Os outros também jogam”, salientou Nuno Magalhães.

Para sustentar a sua ideia, Magalhães lembra que mesmo nas últimas semanas o Benfica tem apresentado melhorias, pese embora os resultados não agradarem.

“É eliminado da Taça de Portugal numa eliminatória equilibrada", defendeu Nuno Magalhães, dando o exemplo daquilo que se sucedeu na casa do vizinho há pouco tempo.

"Se pensarmos, o homem da moda, o Rúben Amorim, ficou em quarto lugar no ano passado e foi eliminado pelo Varzim na primeira eliminatória da Taça de Portugal”, recordou. Apesar dos desaires, a estrutura leonina manteve o treinador.

"Temos de pensar três vezes antes de despedir o Roger Schmidt"

Quanto à realidade do Benfica, Nuno Magalhães valoriza e chama a atenção para algumas apostas feitas por Roger Schmidt.

“Se pensarmos que Gonçalo Ramos era suplente, Florentino Luís estava praticamente dispensado, António Silva era o quinto ou sexto central e João Neves não existia", disse Magalhães.

"E Tiago Gouveia foi Roger Schmidt que o foi buscar. Acho que temos de pensar três vezes antes de despedir o Roger Schmidt. É a minha opinião mas sei que não é maioritária”, considerou Nuno Magalhães.