Portugal
"O Guitane é fantástico para equipa grande. O Benfica não tem nenhum"
2023-12-07 12:50:00
"Estratégia de contratações do Benfica não resultou este ano", lembra ex-jogador Pedro Henriques

O Benfica tem sentido problemas nesta temporada nas zonas mais laterais do terreno, sobretudo na defesa. Mas também há dúvidas nos extremos. Por isso, Pedro Henriques, antigo jogador encarnado, diz que não percebe como é que o Benfica, por exemplo, não olha para o mercado português e para jogadores que se têm vindo a destacar ao serviço de emblemas nacionais, dando o exemplo do francês Rafik Guitane, do Estoril.

"Vejo um extremo argentino por nove milhões", disse Pedro Henriques, em alusão a notícias que apontam Gianluca Prestianni, um atleta do mercado argentino, para a Luz. "Tem o Guitane, do Estoril, que tem 24 anos, é um jovem jogador e que é um jogador fantástico para equipa grande", indicou o ex-futebolista.

Na Sport TV, Pedro Henriques detalhou que vê Rafik Guitane com características que iriam ao encontro das necessidades do Benfica, que está desfalcado, por exemplo, de David Neres.

"O Sporting tem o Edwards, o Francisco Conceição no FC Porto, o Benfica não tem nenhum porque o Di María não tira da frente a direito à baliza, o Rafa é em velocidade, sem espaço não dá, tem o David Neres mas que precisa um bacadinho mais de espaço e o Guitane não precisa de nada, consegue tirar dois homens da frente", comentou Pedro Henriques.

Em todo o caso, o antigo jogador entende que a abordagem ao mercado de transferências na Luz não tem sido por aí e as águias têm optado por outros mercados.

"É a estratégia de contratações do Benfica que não resultou este ano mas, com isto tudo, o Benfica vai muito perto do primeiro lugar e isso é o importante", comentou Pedro Henriques, já depois de falar dos 14 milhões de euros que o Benfica pagou pela contratação do internacional checo David Jurásek.

Guitane tem 24 anos e além do Estoril já jogou no Marítimo

Rafik Guitane, de 24 anos, cumpre nova época no futebol nacional ao serviço do Estoril. O francês, recorde-se, já tinha jogado no Marítimo por empréstimo do Rennes e, na última época, na Amoreira, esteve emprestado pelos gauleses do Stade Reims.

Nesta época, Rafik Guitane já leva quatro golos e duas assistências ao serviço do Estoril, levando já quase tantos golos quantos marcou na sua melhor época no futebol nacional, então ao serviço do Marítimo, quando fez cinco golos em 30 jogos oficiais.

Rafik Guitane tem sido uma das unidades em maior rendimento na equipa 'canarinha', tendo como pontos altos, até agora, as ajudas que deu para as vitórias do Estoril sobre o FC Porto, no Dragão, para o campeonato e, na Amoreira, para a Taça da Liga.