Portugal
"O grupo que assaltou treinos dos árbitros na Maia já viveu melhores dias"
2024-02-09 09:50:00
"Magistrados que são sócios do FC Porto foram incomodados na Assembleia Geral do clube e não gostaram, pudera"

A Operação Pretoriano que as autoridades moveram contra Fernando Madureira, líder da claque dos Super Dragões, a esposa Sandra Madureira, outros elementos da referida claque e também contra funcionários do FC Porto tem dado que falar nos últimos dias, sobretudo na sequência da prisão de Fernando Madureira, o recluso número 12 da cadeia anexa à Polícia Judiciária no Porto.

Através do Jornal Benfica, Leonor Pinhão, conhecida associada do emblema encarnado e comentadora da Benfica TV, lembrou, nas páginas do referido jornal, um célebre episódio do futebol nacional, quando ocorreu uma visita ao centro de treinos de árbitros na Maia, antes de um jogo do FC Porto, por alegados membros da claque dos Super Dragões, coisa que, na altura Fernando Madureira desmentiu.

Leonor Pinhão fala do "grupo" e lembra visita ao centro de treinos dos árbitros na Maia

"O grupo que assaltou o centro de treinos dos árbitros na Maia já viveu melhores dias, mas tudo tem um fim, nem que o fim se prolongue por uma eternidade. Veremos", comentou Leonor Pinhão, fazendo depois referências a Fernando Madureira.

"O líder da claque oficial da Federação Portuguesa de Futebol está a contas com a Justiça por um cúmulo de maus procedimentos, incrível", ironizou a comentadora encarnada, recordando a Assembleia Geral do FC Porto de 13 de novembro, na qual sócios foram ameaçados numa reunião que terminou com cenas de pancadaria e desacatos.

"Magistrados que são sócios do FC Porto foram incomodados na última Assembleia Geral do clube e não gostaram, pudera", observou Leonor Pinhão, aguardando para ver quais os desenvolvimentos que terá a Operação Pretoriano.

"Não foram os Super Dragões que organizaram o que quer que seja", disse Madureira sobre visita à Maia

Em relaão à visita ao centro de treinos de árbitros na Maia, na altura, os visitantes chegaram a conversar com Artur Soares Dias, árbitro que estava, na ocasião, nomeado para o Paços de Ferreira-FC Porto, sendo que o tema já muito deu que falar, mesmo com figuras do dirigismo a questionaram o que foi feito desde então em relação aos Super Dragões.

Fernando Madureira, na ocasião, deslocou-se à Maia, falou aos jornalistas e negou o envolvimento da claque naquela visita ao centro de treinos de árbitros.

"Não foram os Super Dragões que organizaram o que quer que seja", assegurou o líder dos Super Dragões na ocasião, na Maia.

"Quando muito, terá sido sido algum elemento da nossa claque ou qualquer adepto, descontentes com a arbitragem e com esta situação, como estão os Super Dragões, eu próprio e milhares de adeptos portistas", garantiu Fernando Madureira, em declarações à imprensa.