Portugal
“O FC Porto foi muito prejudicado”, reconhece Amorim
2021-09-10 18:40:00
Treinador do Sporting admite chamar elementos da equipa B para o clássico

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, admitiu que o plantel leonino “é curto” para responder a situações como a recente paragem do campeonato para os compromissos internacionais, mas reconheceu que o FC Porto vai entrar no clássico de amanhã mais “prejudicado”.

“O FC Porto saiu mais prejudicado em termos de viagens. Isso foi muito focado esta semana, portanto quero dizer que o FC Porto foi muito prejudicado, com jogadores a chegarem em cima deste jogo”, afirmou Rúben Amorim, na conferência de imprensa de antevisão da partida da quinta jornada da I Liga.

Desafiado a comentar a opinião do treinador do FC Porto, depois de Sérgio Conceição ter defendido que o jogo devia ter sido adiado, Amorim lembrou "a opinião do selecionador" para se colocar ao lado do técnico dos dragões: “Sou da mesma opinião e o selecionador já tinha dito isso. Os clubes precisam dos jogadores e perdendo-os para jogos importantes não é justo. Não faz muito sentido, como disse o selecionador".

Em relação ao Sporting, o plantel é “curto”, pelo que Amorim vai chamar “alguns da B” que têm trabalhado com a equipa principal. "É este o nosso projeto", justificou, revelando que Pedro Gonçalves, Gonçalo Inácio e Tiago Tomás não estarão disponíveis para a partida com o FC Porto.

Questionado sobre quem é que tem melhores condições para vencer este clássico, Rúben Amorim dividiu o favoritismo.

“Como se costuma dizer é um jogo de 50-50. Quem estiver melhor durante os 90 minutos, ganha. Se não vencermos por causa das condicionantes que já referi, não nos vamos queixar, de certeza absoluta. Não é esse o nosso estilo”, concluiu.

Sporting e FC Porto, que dividem o segundo lugar da I Liga, em igualdade pontual com o Estoril Praia, defrontam-se este sábado no Estádio José Alvalade, às 20:30 horas, em jogo da quinta jornada que será arbitrado por Nuno Almeida, da Associação de Futebol do Algarve.