Portugal
“No Seixal tivemos apoio dos adeptos. Foi ali que começámos a ganhar”, diz Jesus
Redação
2021-03-01 21:20:00
Técnico do Benfica agradece mensagem dos adeptos, antes do encontro com o Rio Ave 

O treinador do Benfica destacou a relevância do apoio dos adeptos, hoje, antes do encontro com o Rio Ave, que os encarnados venceram por 2-0. Na flash-interview, Jorge Jesus referiu que os jogadores sentiram essa mensagem e considerou que esse gesto teve grande importância.

São estas vitórias que nos alimentam, que nos dão confiança. É mais fácil quando estamos a ganhar. Até nas substituições é mais fácil... Queria agradecer aos adeptos. No Seixal tivemos apoio dos adeptos. E nós precisamos de carinho. Foi ali que começámos a ganhar o jogo”, afirmou, em declarações à BTV. 

Sobre o encontro, o técnico enalteceu o resultado, porque “mais do que tudo, hoje era importante ganhar”. Depois de uma primeira parte menos conseguida, o conjunto da Luz conseguiu melhorar no segundo tempo e criar diversas oportunidades.

A equipa, que vinha de um jogo da Liga Europa [derrota com o Arsenal], sabe que está a meter a cabeça de fora e a ficar melhor de jogo para jogo. Melhorámos na segunda parte e a ficámos tranquilos. A equipa sabe o que passou e que está a recuperar. E também sabe que, não tendo vitórias, perde confiança. O treinador também sabe que não pode perder. Se não, está tudo ao contrário”, referiu, aludindo ao sentimento de insatisfação de alguns adeptos, que recentemente se manifestaram contra a direção encarnada.

O Rio Ave é uma equipa complicada, que tem posse de bola muito forte, que coloca dificuldades ao adversário. Sabíamos que se não fôssemos pressionantes iríamos ter problemas. Era importante a equipa ter um conforto mental, diante o jogo, não ficar nervosa, independentemente de não ter feito golos na primeira parte”, complementou, considerando ainda que o resultado poderia ter sido mais dilatado: “O Seferovic fez um golo, mas poderia ter feito três ou quatro, assim como o Pizzi”. 

Jorge Jesus lembrou ainda que o Benfica se apresentou com “uma nova dupla de centrais e destacou a boa exibição de Lucas Veríssimo e Jardel, que “estiveram muito bemA linha de quatro defesas esteve bem, percebeu o jogo da equipa do Rio Ave”, acrescentou, aludindo aos laterais Grimaldo e Diogo Gonçalves. 

Já colocando os olhos nos próximos embates, Jorge Jesus acredita que a equipa continuará em crescendo: Quinta-feira temos outro jogo muito importante, para a Taça de Portugal. Estamos em vantagem, mas ainda não ganhámosPassámos aquele período em que a nossa intensidade de jogo era baixa. E individualmente os jogadores estão melhor.