Portugal
"No início o Sporting passava entre os pingos da chuva, agora não", diz Amorim
Redação
2021-03-13 22:40:00
Treinador dos leões realça a dificuldade crescente na defesa da invencibilidade

O Sporting voltou a conquistar os três pontos com um golo já nos instantes finais da partida, agora em casa do Tondela (0-1), uma equipa que Rúben Amorim encontrou "motivada".

“Foi um jogo de sentido único. É difícil atacar contra tantos jogadores atrás da linha da bola, a equipa tinha alguma desconfiança quando perdia a posse da bola. Vitória justa com golo de um rapaz que falha golos que não devia falhar, mas ainda é júnior e merece esse prémio. As equipas estão muito motivadas contra nós”, comentou Amorim, na entrevista rápida à SportTV.

Lembrando que o líder do campeonato vai defrontar “muitas equipas” que estão “na luta pela manutenção”, o treinador do Sporting frisou que todos os adversários entram agora em campo com o objetivo de serem a primeira equipa a derrotar os leões na I Liga 2020/21.

“Todas as equipas querem ganhar ao Sporting e no início da época não era tanto assim, passávamos um bocadinho entre os pingos da chuva”, disse Amorim, reafirmando a justiça do triunfo contra o Tondela: “Quando não  se pode jogar bem, ganha-se, mas hoje fomos claramente a única equipa que quis ganhar”.

Cada vez mais perto da conquista do título, o Sporting começa a ter consciência que a fase de "crescimento da equipa" terá de dar lugar ao "modo sobrevivência", como explicou o técnico, quando confrontado com o facto dos leões terem fechado, hoje, uma volta inteira do campeonato na liderança.

"Isso não dá títulos, só temos um título, a Taça da Liga. Agora é ganhar jogos, sabemos que podemos manter a nossa posição ganhando os nossos jogos. Temos de crescer como equipa, sabendo que o fim do campeonato é mais em modo de sobrevivência do que de crescimento. Nota-se alguma dificuldade em gerir certos momentos do jogo, faz parte da juventude da equipa”, finalizou.