Portugal
“Nenhum dos avançados do Benfica era titular do Sporting, FC Porto ou SC Braga”
2024-01-29 10:40:00
“Quem é o avançado do Benfica? Eu sei quem é o avançado do Sporting, sei quem é o avançado do SC Braga, do FC Porto”

Com a saída de Gonçalo Ramos para Paris, Roger Schmidt tem apostado numa rotação na frente de ataque, colocando como referência mais avançada Musa, Arthur Cabral ou Tengstedt, sendo que Marcos Leonardo chegou há pouco tempo à Luz e ainda não foi titular. É certo que já todos os avançados do Benfica fizeram golos, já tiveram os seus momentos de glória nesta época.

Arthur Cabral marcou na Áustria de calcanhar e apurou o Benfica para a Liga Europa, fazendo também golo numa eliminatória da Taça de Portugal diante do SC Braga, levando o Estádio da Luz à euforia.

Já Tengstedt marcou em Braga para o campeonato o golo da vitória e, antes, já tinha marcado o golo da reviravolta do Benfica diante do Sporting, num jogo impróprio para cardíacos, visto que o Benfica entrou a perder nos descontos e conseguiu vencer com golos no período adicional.

Também Petar Musa tem tido momentos de destaque na Luz, marcando vários golos que se revelaram decisivos, com um que marcou em Barcelos, pouco tempo depois de estar em campo, ou recentemente em Arouca com um remate em 'vólei'.

Quanto a Marcos Leonardo, que chegou na janela de transferências de janeiro, já balançou as redes e a plateia encarnada acredita que o jogador pode resolver, sendo um "pesadelo para Arthur Cabral", como já disseram.

Certo é que, até ao momento, há quem não consiga identificar com detalhe qual é o avançado titular do Benfica nesta época. “Quem é o avançado do Benfica? Eu sei quem é o avançado do Sporting, sei quem é o avançado do SC Braga, sei quem é o avançado do FC Porto, o Evanilson quando não está lesionado, sei que o Cádiz é o do Famalicão, e quem é o avançado do Benfica? Eu não sei", disse Pedro Henriques, ex-futebolista.

Pedro Henriques diz que “nenhum dos avançados do Benfica era titular de Sporting nem FC Porto"

"Joga este, depois joga aquele, depois o que jogou a titular, no jogo a seguir não entra mesmo com a equipa empatada, ou a equipa está empatada e aquele que era o titular, o Arthur Cabral, entra a dois minutos do fim”, relatou o antigo jogador, em declarações na Sport TV.

“Para mim, que estou fora, e quem está fora tem uma visão também assim pronto, vê menos de metade, continuo a achar que o mais completo ou o que tem mais rendimento, para mim, mas que não é o que o treinador do Benfica pensa, se não colocava-o a jogar mais vezes, é o Musa”, observou Pedro Henriques, certo de que os nomes de área do Benfica não teriam lugar nos rivais, a seu ver.

“Nenhum dos quatro pontas de lança do Benfica era titular do Sporting nem no FC Porto. E no SC Braga também não com o Abel Ruiz e o Banza, do meu ponto de vista. Mais simples do que isto. Olhando para o rendimento”, declarou Pedro Henriques.

“Eu vi o ponta de lança do Sporting, o ponta de lança do FC Porto, o ponta de lança do SC Braga. O rendimento dos ponta de lança do Benfica, nesta temporada, não jogavam em nenhum dos três, do meu ponto de vista”, concluiu Pedro Henriques, realçando que faz uma análise “leal”.