Portugal
"Nem Vieira nem a cúpula da SAD têm condições para continuar"
2020-09-15 22:00:00
Rui Gomes da Silva considera que derrota com PAOK marca o fim da linha da atual direção do Benfica

A derrota com o PAOK, que afastou o Benfica da Liga dos Campeões, é interpretada por Rui Gomes da Silva como um sinal de que a atual gestão das águias chegou ao fim.

"Luís Filipe Vieira não tem condições para ir a eleições no Benfica", considerou o antigo vice-presidente do Benfica (numa direção de Vieira), que já anunciou que vai concorrer nas eleições previstas para 30 de outubro.

"Nem ele nem qualquer membro da cúpula da SAD têm condições para continuar", insistiu.

O anunciado candidato lembrou que o Benfica gastou, neste mercado, "mais de 80 milhões de euros em jogadores e mais de 12 milhões na equipa técnica", investimento esse que não impediu a eliminação da 'liga milionária'.

Além disso, a SAD do Benfica tem uma estrutura "pesada e cara", reforçou.

"A desilusão não me impede de ter a presença de espírito para saber o que fazer", concluiu Rui Gomes da Silva.

Também Bruno Costa Carvalho, outro anunciado candidato à presidência do Benfica, reagiu à derrota com o PAOK com críticas a Vieira.

"Grande exibição do Cavani", ironizou.