Portugal
"Nem por 10 milhões estou a ver o SC Braga a facilitar em jogo com o FC Porto"
2022-07-12 09:50:00
"Não tenho nenhuma dúvida que os jogos do FC Porto contra o SC Braga vão ser terrivelmente difíceis", antevê ex-jogador

A transferência de David Carmo tem suscitado uma ampla discussão nos corredores do futebol nacional, com dúvidas a serem levantadas por algumas vozes a respeito de uma alegada cláusula inscrita no negócio que levou o central de Braga para o Porto e, no qual, os bracarenses terão direito a 500 mil euros de cada vez que os azuis e brancos conquistarem o título de dragão ao peito.

Pedro Henriques, antigo jogador de futebol, confessa que esta discussão lhe tem escapado, salientando, no entanto, que, a seu ver, os jogadores do SC Braga quando tiverem pela frente o FC Porto vão 'deixar tudo em campo'. "Eu não estou a ver o SC Braga nem por 10 milhões quanto mais por 500 mil euros a facilitar num jogo com o FC Porto por causa disto", indicou o antigo futebolista.

Assim, Pedro Henriques diz que não vê onde é que está a questão que tem gerado dúvidas nos bastidores do futebol nacional. "Eu não vejo nenhum problema nisto", considerou o antigo jogador de futebol profissional, que falava em declarações no canal de televisão Sport TV.

Por outro lado e ainda assim, Pedro Henriques aconselha os clubes a conversarem entre todos e com a Liga para que no futuro este tipo de cláusula possa estar esclarecido em relação à totalidade dos emblemas que disputam a mesma competição.

"No futuro seria importante os clubes falarem todos com a Liga sobre esta questão. Está cláusula dentro do próprio campeonato, se calhar, passaríamos a não colocar para não haver conflitos de interesses", comentou Pedro Henriques.

Em relação aos embates entre SC Braga e FC Porto, o antigo jogador de futebol sustentou ainda que acredita que os duelos entre guerreiros e dragões vão ser "terrivelmente difíceis" para ambas as equipas. E para sustentar esta ideia, Pedro Henriques convoca o histórico recente.

"Não tenho nenhuma dúvida que os jogos do FC Porto contra o SC Braga vão ser terrivelmente difíceis como têm sido, com David Carmo ou sem David Carmo, com 500 mil euros ou com 10 milhões", afirmou Pedro Henriques.

Todavia, o antigo jogador de futebol profissional voltou a insistir que seria bom os clubes discutirem esta situação. "Não vejo a coisa dessa forma mas penso que os clubes poderiam discutir isto", concluiu.

A respeito deste assunto, recorde-se, quer Pinto da Costa quer António Salvador já tomaram uma posição, defendendo a legalidade e honra do negócio.

"Quem não é sério vê maldade em tudo", disse Pinto da Costa, frisando que o FC Porto estabeleceu o contrato de David Carmo "sem haver alguma caneta ou esferográfica. Foi um aperto de mão e estava feito".

Por seu lado, António Salvador destacou que em quase 20 anos de presidência nunca os jogadores e colaboradores do SC Braga deixaram de honrar a camisola arsenalista.

"Nunca, em quase 20 anos na presidência, permiti que qualquer contrato celebrado com terceiros interferisse com treinadores e jogadores, como certamente reconhecerão todos aqueles que passaram pelo SC Braga", indicou António Salvador.