Portugal
"Não vamos mudar, por muito respeito que o campeão nos mereça", diz Daniel Ramos
Redação
2021-04-01 17:30:00
Treinador do Santa Clara espera “missão complicada”, frente ao FC Porto, mas também uma oportunidade para fazer história

O treinador do Santa Clara, Daniel Ramos, disse hoje que a equipa açoriana manteve a forma de trabalhar, apesar de o próximo jogo na I Liga, frente ao FC Porto, ser uma “missão muito complicada”.

“Não vamos mudar a forma de trabalhar, por muito respeito que o campeão nacional em título nos mereça. Trabalhamos da mesma forma, trabalhamos sempre da mesma forma, na preparação do próximo adversário, do próximo jogo e fizemo-lo essa semana”, declarou Daniel Ramos.

E concretizou: “Estamos a preparar tal como fazemos com todos os outros jogos. Sabendo da dificuldade do jogo, sabendo também que, na história, o Santa Clara nunca venceu no reduto do FC Porto, por isso temos uma missão muito complicada pela frente, mas também é um desafio”.

O treinador dos açorianos falava hoje, em conferência de imprensa, no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, antes da deslocação ao estádio do Dragão, a contar para 25.ª jornada da I Liga de futebol.

Daniel Ramos elogiou a “valia” do próximo adversário, considerando que o Santa Clara tem de ser competente e ter “elevada concentração” para conseguir um “bom resultado”.

“Irá ser mais um jogo com um grande grau de dificuldade, perante um grande adversário e que teremos, obrigatoriamente, de fazer um bom jogo na perspetiva de termos um bom resultado, de ser competentes, quer no processo de ataque, quer no processo defensivo”, afirmou.

O técnico disse ser necessário o Santa Clara ter “muita organização” e estar “preparado para atacar e marcar golos” para conseguir vencer a equipa treinada por Sérgio Conceição.

“Precisamos de vencer, precisamos de marcar, se calhar, até mais do que um golo para vencer no [Estádio do] Dragão, porque percebemos o lado ofensivo do FC Porto, que normalmente faz golos”, afirmou.

Para o próximo encontro, além do lesionado Júlio Romão, Daniel Ramos não poderá contar com Fábio Cardoso e Allano que estão a cumprir castigo.

Os jogadores Mikel Villanueva, Anderson Carvalho e Ruben Oliveira estão na dúvida para o encontro, devido a problemas físicos.

“Só irá para jogo quem estiver a 100%, caso contrário não vale a pena. Tem sido sempre a minha política de opções”, assinalou o treinador.

Daniel Ramos desvalorizou a possível pressão suplementar que poderá existir no FC Porto, uma vez que os campeões nacionais não se querem atrasar mais na disputa pela liderança do campeonato, ocupada pelo Sporting.

“A pressão [extra] do FC Porto não me parece que exista, porque eles estão sempre pressionados e é uma pressão natural, é perfeitamente natural. Porque quem joga, tal como nós, tem uma pressão boa, a pressão natural do jogo”, concluiu.

O Santa Clara, sétimo classificado, com 32 pontos, defronta o FC Porto, segundo, com 54 pontos, pelas 20:30 do próximo sábado, no estádio do Dragão, no Porto, em jogo da 25.ª jornada da I Liga.