Portugal
“Não podemos fazer o que fizemos hoje, que foi uma vergonha para todos”
Redação
2020-12-05 20:30:00
Treinador do Famalicão revoltado com incidentes no final do jogo com o Sporting

Os incidentes no túnel de acesso aos balneários, após o final do jogo entre Sporting e Famalicão, foram duramente criticados por João Pedro Sousa.

“São discussões e depois ninguém tem razão. Fomos todos malcriados, fomos nós, foram eles. É uma vergonha para mim, estou neste meio”, atirou o técnico do Famalicão, na entrevista rápida à SportTV+.

João Pedro Sousa exigiu que todos tenham “juízo” para se poder “vender” o futebol.

“Os jogadores têm que ter mais juízo, os treinadores têm que ter muito mais juízo e os dirigentes têm que ter muito, muito mais juízo. Se queremos vender o futebol, todos nós temos que ter juízo e não podemos fazer o que fizemos hoje, que foi uma vergonha para todos”, insistiu.

“Eu, como treinador, tenho que ter muito mais juízo, mas há muito mais pessoas que têm de ter”, acrescentou ainda o técnico do Famalicão.

Sobre o jogo, adiantou que foi"muito exigente e complicado".

"Jogámos com uma equipa com uma riqueza tática muito grande e que dominou o jogo. Na primeira parte não permitimos ao Sporting criar oportunidades. Estivemos muito bem nesse aspeto. No entanto fomos para o intervalo a perder 2-1.Na segunda parte, tentando, mas não conseguindo, chegar com mais homens à área do Sporting, fomos permitindo mais espaço ao adversário e isso podia fazer com que aumentassem a vantagem", analisou.

"Fomos acreditando que podíamos entrar novamente no jogo. Chegamos ao 2-2 e tivemos uma oportunidade de chegar à vitoria já no minuto final, mas se acontecesse esse golo seria injusto. Penso que foi um resultado justo. O Sporting foi superior", reforçou.

Depois de um ano "estranho e anormal", com o Famalicão a intrometer-se nos lugares europeus, a campanha desta época está a decorrer "normalmente".

"Precisamos de trabalhar, sabemos os problemas que temos. As coisas não se vão resolver numa semana nem duas. Temos uma equipa muito jovem. Tenho um orgulho muito grande na minha equipa, jogadores com muita qualidade e que vão ser reconhecidos", concluiu.