Portugal
"Não gosto de bater em quem está no chão. O Varandas merece isto"
2022-10-17 09:40:00
"Tenho a certeza que Amorim não vai ser treinador do Sporting para o ano", antecipa ex-capitão o FC Porto

O Sporting está fora da Taça de Portugal e a eliminação foi ditada por um clube da Liga 3. O Varzim afastou o conjunto de Alvalade da Prova Rainha e a contestação verde e branca subiu de tom, dado que nesta época os resultados desportivos já não têm sido dentro do esperado pela equipa leonina e seus adeptos.

No final do encontro, Rúben Amorim deixou uma frase forte e avisou que a "culpa não vai morrer solteira". "A única coisa a fazer é ganhar jogos, manter a cabeça fria dentro desta fase e enfrentar as coisas. No fim, obviamente, a culpa não vai morrer solteira. Isso vai ser resolvido, mas não agora. Agora temos todos de olhar em frente, tentar segurar os jogadores, esse é o meu papel, estou ciente disso e tenho força para isso. No fim, de certeza que a culpa não vai morrer solteira", disse o treinador do conjunto verde e branco.

Para Rodolfo Reis, antigo capitão do FC Porto, trata-se de "um aviso" que o técnico do Sporting deixa ao clube, salientando também o antigo médio que Amorim vai deixar Alvalade, quanto mais não seja na próxima época.

"Tenho a certeza que o Rúben Amorim vai assumir esta situação e tenho a certeza que ele não vai ser treinador do Sporting para o ano", disse Rodolfo Reis, salientando que não tem certezas da continuidade do técnico no imediato.

"E não sei se sairá agora. É a leitura que eu faço. Não gosto de bater em quem está no chão. Nunca gostei", acrescentou o antigo capitão dos dragões, notando que, neste momento, "o Sporting está perdido".

"Acho que o Sporting está numa grande encruzilhada. Os resultados falam por eles. Vai ter agora jogos complicados para a Liga dos Campeões. Desejo que seja feliz na Liga dos Campeões, mas antevejo na realidade grandes problemas em termos futebolisticos para o Sporting e não vejo como o Rúben Amorim vai sair disto".

Por outro lado, Rodolfo Reis disse na CMTV que o presidente do clube verde e branco "merece" enfrentar o momento delicado que está a enfrentar em Alvalade.

"Acho que o Sporting está num poço sem fundo. Acho que o Frederico Varandas merece isto. Ele não se preocupou com outras coisas a não ser atacar o FC Porto. E saiu-lhe o tiro pela culatra", concluiu Rodolfo Reis.

O Sporting está longe da liderança no campeonato, já disse adeus à Taça de Portugal e na Liga dos Campeões terá dois jogos para mudar o curso dos acontecimentos e tentar o apuramento para a próxima fase.