Portugal
"Não é o defesa-esquerdo que uma equipa que quer ser campeã europeia vai buscar"
2024-01-26 11:35:00
"Eu bem dizia para dar os 10 milhões ao Grimaldo. Está a fazer uma falta incrível", diz sportinguista Paulo Andrade

Álvaro Carreras chegou à Luz para render David Jurásek, que se mudou para o futebol germânico e tenta carregar o legado deixado por Álex Grimaldo que, durante vários anos, foi dono da lateral-esquerda encarnada e que, no final da última época terminou contrato com a SAD benfiquista, tendo mudado de ares para o Bayer Leverkusen.

À Luz chegaram David Jurásek e Juan Bernat mas nenhum conseguiu fixar-se, sendo que Roger Schmidt até tem vindo a apostar em Morato para ocupar essa vaga, central que joga adaptado e que tem dividido opiniões relativamente ao rendimento. Se há quem veja debilidades, há quem note que jogadores polivalentes revelam "capacidade para ler o jogo", num futebol encarnado onde muitos pedem laterais de perfil semelhante a "Cafú e Roberto Carlos".

Álvaro Carreras foi pela primeira vez a jogo na Taça da Liga, lançado por Roger Schmidt mas mal aterrou em Portugal muitas eram as esperanças que já carregava dos benfiquistas.

"Carreras mão é o defesa que uma equipa que quer ser campeã europeia vai buscar"

Quem também tem acompanhado o processo dos defesas-esquerdos do Benfica é Paulo Andrade, antigo dirigente do Sporting, que não acredita que seja Álvaro Carreras o jogador que consiga ser uma mais-valia numa equipa que quer ser "campeã europeia".

"Não é seguramente, para já, o defesa-esquerdo que uma equipa que quer ser campeã europeia vai buscar", atirou o ex-dirigente do Sporting, certo de que o Benfica deveria ter segurado Álex Grimaldo.

"Eu bem dizia para dar os 10 milhões ao Grimaldo porque, realmente, o Grimaldo está a fazer uma falta incrível. Quanto é que o Benfica já gastou e ficou sem o Grimaldo? Ele ficava, se lhe dessem os 10 milhões", comentou Paulo Andrade.

"Tem gasto dinheiro atrás de dinheiro e não ocupa e o Grimaldo era um jogador, para mim, dos melhores do Benfica", acrescentou ainda o ex-dirigente do clube de Alvalade num olhar ao contexto da equipa do Benfica no lado esquerdo da defesa, que agora vê Álvaro Carreras como alternativa ao lugar.

Em todo o caso, Paulo Andrade acredita que Álvaro Carreras até pode triunfar na Luz mas, face à juventude do jogador emprestado pelo Manchester United, Andrade admite que tudo pode acontecer.

"É o defesa-esquerdo da seleção de sub-21 de Espanha, é altamente positivo, é muito novo e, isso aí, em qualquer modalidade, é muito cedo para perceber o futuro. Pode vir a ter um futuro brilhante como pode não dar muito mais", concluiu Paulo Andrade.