Portugal
"Não é não querer, há dias em que as coisas correm mal", diz Pepa
Redação
2021-02-27 21:55:00
Treinador do Paços de Ferreira admite que o Santa Clara foi mais forte

Pepa, treinador do Paços de Ferreira, reconheceu que o Santa Clara fez mais pela vitória na partida desta tarde (3-0): "O futebol é isto, parabéns ao Santa Clara, foi superior, foi melhor que nós. Nós tivemos muita dificuldade na primeira parte principalmente, uns setores distantes, não estamos a conseguir encurtar, muito espaço entre linhas".

"Mesmo no decorrer do jogo, mesmo após o primeiro golo sentíamos no banco, dentro do campo, que não estávamos, que não estávamos ligados. Não é não querer. Há dias assim, há dias em que as coisas correm mal, principalmente sem bola, notou-se muita passividade. A equipa do Santa Clara soltou-se, fez o primeiro golo e foi superior em praticamente nos vários momentos do jogo. Uma equipa mais agressiva, a procurar e muito bem transições rápidas e a jogar para a frente com muita velocidade e intensidade", analisou o técnico dos castores, nas declarações após a partida.

Pepa considerou, ainda assim, que o resultado foi "pesado", embora "com mérito do Santa Clara por aquilo que fez do primeiro ao último minuto". "Nós, a espaços, fizemos alguma coisa a condizer com aquilo que temos feito, mas no longo período de jogo fomos inferiores e não estivemos ao nosso nível", acrescentou.

Nesta visita aos Açores, o Paços de Ferreira voltou a jogar perante público no estádio. "É bonito, foi uma vitamina muito boa para o Santa Clara, e para nós foi o contrário. Não foi pelo publico, porque isso é sempre bom. Até podiam estar 100 por cento de adeptos do Santa Clara, que isso é bom, o futebol é do povo, o futebol é dos adeptos, vejo isso como uma questão positiva", finalizou.