Portugal
“Na segunda parte as melhores oportunidades foram nossas”, diz Milton Mendes
Redação
2021-02-22 22:20:00
Treinador do Marítimo resignado com “lance fortuito” que deu segundo golo do FC Porto

Milton Mendes, treinador do Marítimo, elogiou o trabalho da equipa na partida de hoje com o FC Porto, lamentando que um “lance fortuito” tenha permitido a vitória dos dragões.

“Sabíamos do poderio do FC Porto, sabíamos que iriamos sofrer muito no jogo, mas a verdade é que na segunda parte as melhores oportunidades foram nossas”, afirmou o técnico, na entrevista rápida à SportTV.

“Não conseguimos concretizar e num lance fortuito sofremos o segundo golo”, continuou: “Os jogadores trabalharam muito, lutaram até à última gota de suor e mostraram dentro do campo que podíamos ter vencido”.

“Sabemos que o FC Porto pressiona muito alto, até esperava que pressionassem mais, acho que respeitou o nosso posicionamento, com as nossas saídas. Estava tudo controlado, tivemos oportunidades para marcar, mas não conseguimos”, reforçou.

Com a sexta derrota consecutiva no campeonato, o Marítimo caiu para o último lugar da classificação. O técnico admitiu que a equipa precisa de “ajustar em alguns momentos cruciais”, mas garantiu total confiança em que “as coisas vão melhorar”.

“Tem sido muito difícil para estes jogadores, mas desta forma que enfrentámos o FC Porto poderemos vencer muitas vezes. Deixo um abraço para o [Rúben] Macedo, que estava a chorar muito [pelo penálti cometido], mas a culpa foi de todos. Foi uma derrota de todos não apenas dele”, comentou.

Desafiado a comentar as condições para continuar no cargo, Milton Mendes destacou a “relação extraordinária” que existe no balneário.

“A situação é complicada, mas a equipa trabalha. Não há mal que sempre dure nem bem que nunca acabe, por isso esperamos que esta situação mude e voltemos às vitórias”, finalizou.