Portugal
"Marosca com VMOC's do Sporting e tudo calado. Maravilhoso silêncio do Benfica"
2024-01-04 09:40:00
"O FC Porto é da cidade do Porto e tem de lutar contra o benefício que os clubes de Lisboa têm permanentemente"

O FC Porto tomou uma posição em relação ao negócio das VMOC's do Sporting que permitiram aos leões passar a deter uma maior percentagem na sua SAD que até então estava no domínio da banca. Através do seu porta-voz oficial, o clube liderado por Pinto da Costa diz que o negócio da recompra de VMOC's por parte do Sporting "trata-se de doping financeiro absolutamente inaceitável, porque isto adultera a competição completamente". 

"Mas isto não começou agora, não começou há um mês ou há um ano. Isto começou há mais de 10 anos e foi sempre um assunto tabu em Portugal", comentou Francisco J. Marques, realçando que nos corredores da banca portuguesa há muito que o assunto era entendido como uma "marosca".

"Isto estava-se a fazer, a perceber toda a gente e, particularmente, as pessoas da área financeira estavam a perceber que aqui havia marosca e estiveram todos calados", lamentou Francisco J. Marques, criticando o silêncio do Estado.

"O Banco de Portugal continua calado. O governo português continua calado. O que aconteceu efetivamente é que todos nós, contribuintes, pagamos a sobrevivência do Novo Banco para depois o Novo Banco andar a proporcionar perdões de milhões a um clube de futebol", criticou o porta-voz do FC Porto.

Em declarações no Porto Canal, Francisco J. Marques foi mais longe e apontou o dedo aos "decisores". "Os decisores, os seres humanos que vão decidir aquilo, são adeptos do Sporting", assegurou o diretor portista com responsabilidades na área da comunicação.

"Isto é roubar os portugueses e não há outra maneira de o dizer"

Lamentando que existam "milhões de euros de perdão ao Sporting", Francisco J. Marques disse também que é "maravilhoso" o silêncio do Benfica a este respeito e nota que há uma "santa aliança" em Lisboa.

"Não deixa de ser maravilhoso o silêncio do Benfica em relação a isto. Sabemos muito bem o que isto significa. É a santa aliança no seu esplendor", justificou o diretor do FC Porto, realçando que o clube luta desde a cidade Invicta contra o "benefício" que é dado aos clubes "de Lisboa".

"O FC Porto é da cidade do Porto e tem de lutar contra o benefício que os clubes de Lisboa têm permanentemente. O Benfica tem a outro nível", admitiu Francisco J. Marques.

"Quando o Sporting estava numa situação desesperada, segundo os bancos, as VMOC's valiam 1 euro. Quando o Sporting está numa situação muitíssimo melhor, mais confortável, saudável do ponto de vista financeiro, as VMOC's valem cêntimos", lamentou, concluindo depois a sua ideia a este respeito.

"Isto é roubar os portugueses e não há outra maneira de o dizer e toda a gente se cala", terminou Francisco J. Marques, mostrando-se crítico em relação à recompra das VMOC's por parte do Sporting.