Portugal
“Mais vale tarde do que nunca”, diz Cajuda sobre fim de programas com adeptos
2020-07-29 15:20:00
Técnico revela que se demorou “demasiado a tempo para perceber” que estes conteúdos deviam terminar

No início da semana, a SIC anunciou que os programas com comentadores afetos a clubes – ‘O Dia Seguinte’ e ‘Play-Off’ – iriam deixar de ser transmitidos.

O mesmo caminho será seguido pela TVI, que irá terminar com o ‘Prolongamento’ e ‘Livre e Direto’ após a final da Taça de Portugal entre FC Porto e Benfica.

Manuel Cajuda, um dos treinadores portugueses mais experientes no ativo, socorre-se de um artigo do jornal Público, no qual há reações de Eduardo Barroso, José Guilherme Aguiar e Dias Ferreiras, personalidades ligadas ao futebol, sobre o término desses programas.

Para o técnico, demorou-se demasiado tempo para perceber que este tipo de conteúdo devia acabar.

“Demasiado tempo para perceber..., mas mais vale tarde do que nunca”, escreveu Cajuda no Facebook.

Esta quarta-feira, Ricardo Costa, diretor de informação da Impresa e da SIC, teceu duras críticas à comunicação dos clubes que, na sua perspetiva, “estão a matar o futebol”.

Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, também reagiu ao sucedido fala em “cumplicidade” e critica “o cheque em branco passado ao comentador Rui Santos”.