Portugal
"Mais uma vez jogámos com dez, mais um penálti que não o é", diz Jesualdo
Redação
2021-04-10 17:45:00
Treinador do Boavista repudia "atitude" de Miguel Cardoso

Jesualdo Ferreira, treinador do Boavista, voltou a afirmar que o clube "está queixoso" ao nível das arbitragens, após o empate com o Rio Ave (3-3), para a 26.ª jornada da I Liga.

"Mais uma vez jogámos com dez, mais um penálti quando nós só temos um a nosso favor, mais um. Um penálti que não é penálti, é preciso que as pessoas comecem a perceber com clareza que há lances que, às vezes, são decisivos no jogo. Também pedia para verem o que antecede o segundo golo e como foi o segundo golo do Rio Ave. Não é fácil persistir a tudo isto, já vem de há muito tempo, mas nem quero falar mais da arbitragem. A minha equipa teve uma atitude de grande caráter", afirmou o treinador do Boavista, na entrevista rápida à SportTV.

Jesualdo manifestou ainda repúdio pelo gesto polémico de Miguel Cardoso, depois de ter deixado reparos à arbitragem: "A forma como se jogou, essa justiça é que ponho em causa. Acho que era importante que se tomassem algumas medidas para evitar mais uma cena destas que não me parecem que sejam significantes para o futebol. O Boavista está queixoso, o Boavista continua a pensar que não é tratado com a forma e respeito que merece. É preciso que se veja justiça no jogo. Vão ver o penálti também. Não gostei nada de ver a atitude do treinador do Rio Ave, essas imagens estão claras na SportTV e não me parecem que dignificam também [o futebol]".