Portugal
"Luís Gonçalves fez aviso idêntico. Vamos ver o que acontece ao António Nobre"
2024-04-05 10:40:00
"Foi feito um aviso idêntico ao que tinha sido feito ao Vítor Ferreira", salienta ex-vice-presidente do Benfica

Luís Gonçalves, vice-presidente do FC Porto e administrador da SAD azul e branca, está suspenso por 30 dias e viu o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) aplicar-lhe uma multa de 7650 euros em consequência da expulsão, após o apito final da partida com o Estoril, que os azuis e brancos perderam.

No relatório do árbitro, citado pelo Jornal de Notícias, Luís Gonçalves deixou avisos a António Nobre, árbitro do encontro no qual o FC Porto perdeu. "Estás f..., estás f....", relata o árbitro no relatório entregue ao Conselho de Disciplina da FPF. Minutos mais tarde, à entrada do acesso ao balneário, Luís Gonçalves voltou a dirigir-se a António Nobre: "És um fracassado".

"Aviso idêntico" de Luís Gonçalves a António Nobre

Para António Figueiredo, antigo vice-presidente do Benfica, é de aguardar aquilo que será o futuro de António Nobre na arbitragem portuguesa.

Nesse sentido, Figueiredo lembrou que Vítor Ferreira deixou os palcos mediáticos há poucos anos, aludindo o ex-dirigente do Benfica a uma situação que Vítor Ferreira e Luís Gonçalves protagonizaram.

"Acho que foi feito um aviso idêntico ao que tinha sido feito ao Vítor Ferreira, um aviso idêntico. Com o Vítor Ferreira resultou ao menos. Vamos ver o que acontece ao António Nobre", disse António Figueiredo, em declarações na CMTV, onde o ex-dirigente do Sporting Carlos Barbosa da Cruz também comentou este caso.

Trinta dias de suspensão "é um ovinho de Páscoa" ao engenheiro

Para o advogado sportinguista e atual presidente do Grupo Stromp aplicar 30 dias de suspensão a Luís Gonçalves depois daquilo que se viu nos instantes finais e após o apito final na Amoreira, após o Estoril-FC Porto, que os dragões perderam, "é um ovinho de Páscoa".

Anteriormente, recorde-se, a respeito da descida de divisão do árbitro Vítor Ferreira, Carlos Barbosa da Cruz já tinha afiançado que "o engenheiro Luís Gonçalves cumpre".

"Naquele célebre jogo contra o Rio Ave, para além de outros mimos, disse ao [árbitro] Vítor Ferreira 'vais ver'. E Vítor Ferreira viu. Vítor Ferreira foi despromovido", disse Carlos Barbosa da Cruz anteriormente a respeito de uma polémica entre Luís Gonçalves e um outro árbitro, na ocasião Vítor Ferreira.

Agora, o vice-presidente portista Luís Gonçalves volta a estar envolvido numa polémica com um árbitro que, de acordo com o que escreveu no relatório, citado pelo Jornal de Notícias, entrou no terreno de jogo utilizando "linguagem injuriosa" para com o juiz da partida.