Portugal
"Jesus pareceu-me murcho e muito soft", diz Vítor Manuel
Redação
2021-03-01 11:45:00
"O Benfica está numa posição que não sabemos se é de jogo a jogo, de 15 em 15 minutos ou de 10 em 10"

A crise de resultados no Benfica tem desagradado aos adeptos e quer Jorge Jesus, quer Luís Filipe Vieira, já admitiram que a temporada tem corrido àquem das expectativas, destacando-se, na Luz, que os resultados positivos são esperados a qualquer momento.

Se dentro de campo as coisas não têm saído bem aos encarnados, fora de campo o treinador tem sido notícia pelas conferências de imprensa que tem protagonizado.

Da célebre "ai? Ai o quê, pá? Levaste com um pau?", após a vitória no Estoril para a Taça de Portugal à épica conferência de imprensa de Jorge Jesus na antevisão ao jogo frente ao Arsenal que ditou o adeus do Benfica nas provas europeias desta temporada, o técnico tem protagonizado alguns comentários que têm agitado a comunicação.

Na antevisão ao duelo contra o Rio Ave, Jorge Jesus não teve a presença dos jornalistas, contando apenas com a presença de elementos da Benfica TV, canal do clube ao qual projetou o embate de logo mais.

A este respeito, o Benfica deixou claro que não está a proteger o técnico de conversas públicas com jornalistas. "É falso que Jorge Jesus tenha sido protegido de ser questionado por vários jornalistas na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Rio Ave", informou o Benfica, em comunicado, explicando as razões para o cancelamento da conferências no molde habitual.

Já depois da declaração feita à Benfica TV, Vítor Manuel, um dos ex-treinadores mais reputados do futebol português, diz que notou um Jorge Jesus algo 'apagado'.

"O Jesus não me pareceu muito efusivo. Pareceu-me um bocadinho murcho, pareceu-me muito soft", realçou Vítor Manuel, notando ainda que o Jorge Jesus que apareceu revelou estar algo "sorumbático".

Vítor Manuel, de 68 anos, salientou que o Benfica e o seu treinador chegam a esta altura da temporada com dúvidas e incertezas. "O Benfica está numa posição que não sabemos se é de jogo a jogo, de 15 em 15 minutos ou de 10 em 10".

O antigo técnico referiu também o treinador encarnado já terá detetado as lacunas do emblema da águia, sobretudo porque que este Benfica tem "alternâncias de comportamentos e o Jorge [Jesus] percebe isso perfeitamente".

Seja como for, Vítor Manuel refere que os jogos do Benfica são, nesta altura, "uma incógnita". "Tanto pode disparar como também pode ser um jogo no registo mais do mesmo".

Em declarações na A Bola TV, Vítor Manuel descreveu este Benfica como sendo uma equipa que "não é fiável no que toca ao seu rendimento em campo".

O Benfica tem hoje a oportunidade de se aproximar do terceiro lugar da I Liga de futebol, ocupado pelo FC Porto, caso vença na receção ao Rio Ave, em jogo da 21.ª jornada da prova.