Portugal
"Jesus está abatido e com dores no corpo" mas "em contacto com a equipa"
Redação
2021-01-29 12:45:00
Júlio António crê que plantel se vai unir para dar vitória no dérbi a Jesus

Jorge Jesus encontra-se isolado a tratar a infeção pelo novo coronavírus e Júlio António, amigo de longa data do treinador encarnado, refere que o treinador do Benfica tem "fortes sintomas febris, está abatido e com dores no corpo".

Apesar disso, Júlio António revela que Jorge Jesus continua a trabalhar a estratégia para tentar ultrapassar o Sporting, na segunda-feira, no clássico da ronda 16 do campeonato.

"Está em casa mas está em contacto com a equipa de trabalho, com os colaboradores, vai dizendo a ideia de jogo para cada jogo", afirmou Júlio António, salientando ainda, neste sentido, que Jesus foi a mais recente vítima num Benfica que tem sido o clube mais fustigado pela covid-19.

"Aos outros não aconteceu nada igual, com a carga de infeção que atingiu a equipa. E o Benfica tem tido sempre uma postura de verdade. Se quisermos comparar com os outros, o Benfica foi muito afetado e isto deixa sempre alguma mossa."

O antigo dirigente do Estrela da Amadora confessa, na Renascença, que Jorge Jesus "gostaria de estar presente" mas entende que a sua ausência irá funcionar como estímulo para o plantel se unir e lhe oferecer um triunfo.

"Ele gostaria de estar ao vivo com os seus jogadores, mas tenho a certeza que o Benfica vai sair muito unido. Jogadores e restante equipa técnica vão querer dar o máximo", afiança Júlio António, que mantém contacto frequente com o treinador do Benfica, que, de acordo com o comunicado, teve sete testes negativos à infeção pelo novo coronavírus nas últimas duas semanas.

Porém, explicou o Benfica, “exames complementares de diagnóstico efetuados durante o dia de quinta-feira no Hospital da Luz indiciaram um comportamento típico de infeção originado pelo novo coronavírus”.

“Nesse sentido, procedeu-se à realização imediata de um primeiro teste rápido – que deu igualmente negativo –, e de um PCR, cujo resultado positivo foi conhecido já durante a madrugada”, frisou o emblema das ‘águias’.

O clube reconheceu tratar-se de “um caso atípico, de índole rara”, ressalvando que “há contudo evidência de situações similares em que, apesar de sucessivos testes negativos, o vírus é detetável somente ao fim de alguns dias, com o evoluir da infeção respiratória e o agravamento dos sintomas”.

O Benfica tem registado recentemente um elevado número de casos de infeção pelo novo coronavírus no plantel profissional, que afastou 10 jogadores da receção ao Nacional, na segunda-feira, para a 15.ª jornada da I Liga.

Alguns atletas já começaram a regressar, depois de cumprirem o período de isolamento, estando agora a covid-19 a atrapalhar a vida de Jorge Jesus, isto numa altura em que também Luís Filipe Vieira foi apanhado pelo vírus que tanto tem condicionado a vida mundial.