Portugal
"Já com Vieira não tomava posições. Rui Costa não pode continuar a encolher-se"
2024-03-04 14:55:00
"Temos o melhor plantel do campeonato e o pior treinador", atira ex-vice do Benfica Gaspar Ramos

O universo encarnado está perplexo com a queda com estrondo do Benfica em pleno Estádio do Dragão com um Roger Schmidt impávido no banco a acompanhar os acontecimentos, enquanto que mesmo as alterações que promoveu não davam sinais de um Benfica que saiu vergado a uma goleada histórica no reduto do adversário.

No final do encontro, a conferência de imprensa de Roger Schmidt voltou a desagradar aos benfiquistas dado que, perto do final e mesmo a perder, os adeptos continuaram a apoiar a formação campeã nacional mas Schmidt assumiu que não devia um pedido de desculpas aos adeptos, coisa que Rui Costa fez na zona mista, pouco tempo depois.

Para Gaspar Ramos, antigo vice-presidente encarnado, Schmidt "anda há bastante tempo afastado da realidade" e "vê sempre jogos diferentes dos que vemos".

"Eu costumo dizer que nós temos o melhor plantel do campeonato e o pior treinador. Não será o pior mas é certamente dos piores", declarou o ex-dirigente.

O ex-dirigente Gaspar Ramos admite que as explicações de Roger Schmidt "soam erradas" e lamenta que a Direção tenha prolongado o contrato com o técnico alemão há poucos meses atrás.

"Ainda por cima prorrogámos o contrato com um treinador que, na altura, já estava a dar sinais de que não seria o que desejaríamos e agora temos de o aguentar", criticou o antigo vice-presidente das águias, que falava em declarações na Renascença.

Gaspar Ramos lembra tempos de Rui Costa com Vieira e diz que não pode "encolher-se"

No Dragão, Gaspar Ramos diz que o Benfica teve um "jogo" que "foi humilhante" e não entende como é que Roger Schmidt não pediu desculpa aos adeptos das águias.

"Ele tinha de pedir desculpa aos benfiquistas, em particular, e a todo o mundo do futebol por ter apresentado um futebol tão triste, com tanta falta de qualidade", afirmou Gaspar Ramos, que apontou críticas a Rui Costa.

"Foi um excelente jogador e, portanto, deve perceber de futebol", disse Gaspar Ramos, que era diretor de futebol do Benfica quando Rui Costa começou a aparecer na equipa principal encarnada.

"Já com o Luís Filipe Vieira ele não tomava posições. Tem de tomar posições, não pode continuar a encolher-se e discutir com o treinador determinados problemas que acontecem com a equipa", avisou o antigo vice-presidente do Benfica.

Gaspar Ramos referiu ainda que os benfiquistas têm de "aceitar lamentavelmente" Roger Schmidt, que vive no mundo da "Barbie" com um discurso "podre".