Portugal
"Hulk será bem-vindo. Só não foi campeão naquele célebre episódio do túnel"
Redação
2020-11-17 12:35:00
Ex-adjunto de Vítor Pereira trabalhou com o Incrível no Dragão

Hulk poderá estar de regresso ao FC Porto e terá mesmo recusado uma investida do Benfica, nos últimos meses, e Rui Quinta, ex-adjunto de Vítor Pereira nos dragões, que trabalhou com o Incrível, entende que será uma aposta certa da SAD azul e branca.

"O Hulk, com as qualidades que tem, se vier - e espero que venha -, vai segurançamente trazer imprevisibilidade à equipa e inspirar os colegas e o treinador", afirmou Rui Quinta, em declarações à Antena 1.

O ex-adjunto do FC Porto considera ainda que Hulk poderá ser uma contratação mobilizadora não apenas dos adeptos portistas mas também do balneário azul e branco.

"Vai ser um fator mobilizador para dentro e para fora no FC Porto", disse o ex-adjunto Rui Quinta, lembrando que o brasileiro Hulk "marcou uma história no FC Porto".

"Só não foi campeão um ano, naquele célebre episódio do túnel. Vem encontrar o entusiasmo e a paixão numa casa que conhece", realçou ainda Rui Quinta, em alusão ao caso dos incidentes no túnel da Luz, num clássico entre Benfica e FC Porto em que o brasileiro acabaria suspenso por três meses.

Quando ao facto de ter já 34 anos, Rui Quinta salienta que jogadores como Hulk são sempre bem-vindos em equipas como a do FC Porto.

"Um jogador como o Hulk é sempre bem-vindo. Os jogadores de qualidade cabem sempre em qualquer equipa. Um jogador desta dimensão conhece melhor o seu corpo, o seu jogo, e marca os momentos sem perder o que o diferencia."

O antigo adjunto de Vítor Pereira acrescentou ainda que Hulk poderá apresentar-se de forma diferente em relação ao que os adeptos portistas conhecem do seu jogo. Porém, Rui Quinta crê que continuará a ser um avançado fortíssimo. 

"Se calhar não jogará com a exuberância como tinha mas com o mesmo nível de qualidade ou se calhar até melhor", detalhou Rui Quinta sobre Hulk, com quem trabalhou no FC Porto.

De saída do Shanghai SIPG, da China, onde era o capitão de equipa e uma das estrelas da companhia, Hulk, que está em final de contrato, estará no horizonte do FC Porto, tendo em vista um eventual regresso ao Estádio do Dragão já em janeiro.

Hulk, recorde-se, envergou a camisola do FC Porto entre 2008 e 2012, tendo apontado 78 golos em 170 jogos oficiais, tornando-se numa das figuras da história do clube e um dos mais acarinhados entre os adeptos.

Pelo clube portista, Hulk venceu quatro campeonatos portugueses e uma edição da Liga Europa, em 2011, com André Villas-Boas na final de Dublin frente ao SC Braga.