Portugal
"Horta é um craque a fazer penáltis. Mas podia fazer a pirueta", diz Futre
2021-03-25 11:40:00
Futre diz a Seferovic que "quando o guarda-redes toca, dá uma cambalhota ou faz o escorpião"

O campeonato está parado mas a polémica em relação às arbitragens não para. O SC Braga revelou, nas últimas horas, um vídeo que mostra o lance entre Gustavo Assunção e Ricardo Horta, no Famalicão-SC Braga, mas visto de um outro ângulo, que até aqui não tinha sido analisado.

O emblema bracarense fez saber que divulgava as imagens para que "de uma vez por todas" ficassem esclarecidas "todas as dúvidas". "A narrativa de que o SC Braga era um clube beneficiado deu jeito a muita gente... menos à verdade desportiva. Custe o que custar. Custe a quem custar”, assinalou Alexandre Carvalho, diretor de Comunicação dos guerreiros do Minho, numa publicação no Twitter onde se fez acompanhar do vídeo.

No lance, o responsável bracarense vê uma falta do famalicense Gustavo Assunção sobre Ricardo Horta. Paulo Futre ao ver estas imagens publicadas pelo SC Braga tem uma ideia contrária.

Aquele que se intitula de 'maior piscineiro da história do futebol' realça que Ricardo Horta ainda não atingiu uma performance semelhante às suas, mas não deixa de lhe revelar talento.

"Ricardo Horta é um craque a fazer penáltis. Mas podia fazer a pirueta ou meia pirueta", reagiu Paulo Futre, considerando que estas novas imagens reveladas pelo SC Braga não mudam a ideia que tinha sobre o lance.

A polémica em torno do lance entre Gustavo Assunção sobre Ricardo Horta, assinalado pelo árbitro Manuel Oliveira numa decisão que seria confirmada pelo videoárbitro, voltou a ser reacendida na sequência do jogo entre SC Braga-Benfica, no qual os minhotos se queixam do trabalho do árbitro.

No entender do SC Braga, o penálti de Famalicão foi recuperado para desviar as atenções das críticas que António Salvador fez à arbitragem de João Pinheiro na partida com o Benfica. Com o triunfo (0-2), as águias subiram ao terceiro lugar, por troca com os minhotos.

Nesse jogo de Braga, entre outras decisões, João Pinheiro assinalou uma grande penalidade a favor do Benfica que o videoárbitro anularia por posição irregular encarnada na sequência da jogada.

Embora o lance tenha sido anulado pelo fora de jogo, Paulo Futre entende que Haris Seferovic precisa de 'treinar' quedas na área pois entende que no lance em questão Matheus, guarda-redes bracarense, tocou no atleta das águias que, ainda assim, se focou em tentar ganhar a bola em vez de cair.

"Quando o guarda-redes toca, dá uma cambalhota ou faz o escorpião", disse Paulo Futre, destacando que "isto é arte". "Isto, para mim, é arte", insistiu repetidamente Paulo Futre.

O ex-internacional português diz que "o Seferovic não tem que saltar". "Toca na bola, vem o guarda-redes e dá. É um erro tremendo do guarda-redes. [Seferovic] Toca [na bola], fica."

Em comentário na CMTV, Paulo Futre diz que se Seferovic depois de tocar na bola não tem a tentação de saltar era penálti. "Tem que cair. Penálti, 1-0. Isto é penálti claro. Ele tenta saltar? Qual saltar? É penálti claríssimo", indica Futre, realçando que comentava a situação da grande penalidade e não o facto de ter sido anulada por fora de jogo.

Paulo Futre explicou que apenas estava a fazer uma leitura do lance dentro da área. O antigo 10 do Benfica, que também passou por FC Porto e Sporting, compreende que "o ponta de lança é egoista". "Ele tenta ir [buscar a bola]."

Ao ver as imagens, Octávio Machado alinhou na mesma lógica de Futre dizendo que "Seferovic desviu-se do penálti" pois "é suíço".