Portugal
"Há uma pequena convulsão no Benfica que pode ter influência na final"
2020-08-01 15:40:00
António Oliveira afirma que a pré-campanha eleitoral pode influenciar desempenho da equipa encarnada

As eleições do Benfica estão previstas para outubro, mas já há quatro candidatos no terreno e esse "fantasma" pode perturbar o desempenho da equipa esta noite, na final da Taça de Portugal, com o FC Porto.

O alerta foi deixado por António Oliveira, antigo selecionador nacional e ex-jogador dos dragões, em declarações à Renascença.

"O Benfica passa por um momento menos tranquilo, um momento de incerteza relacionado com as eleições que estão à porta. São quatro candidatos e há uma pequena convulsão que pode ter influência no jogo", explicou o treinador e comentador.

As águias arriscam-se a fechar a época com apenas um troféu, conquistado logo no início da temporada, a mais longa de sempre devido à pandemia de covid-19: a Supertaça.

"Vencer a Supertaça é manifestamente pouco para a grandeza do clube", frisou António Oliveira.

Já o FC Porto vai entrar em campo motivado pela conquista do campeonato, o que abre a Sérgio Conceição a oportunidade de entrar no "lote restrito de treinadores" a vencer a 'dobradinha', concluiu o antigo selecionador nacional.