Portugal
"Há um traço obsessivo em Pinto da Costa em relação ao Benfica"
Redação
2021-04-01 10:35:00
"O presidente do FC Porto sempre que pode manda umas bicadas. É um comportamento recorrente na pessoa em causa"

Pinto da Costa, presidente do FC Porto, pertence ao grupo de risco da covid-19 devido à idade mas tem feito questão de acompanhar de perto a equipa do FC Porto, marcando presença frequente nos jogos da turma de Sérgio Conceição. E não só.

O líder azul e branco assumiu que podia ficar em casa resguardado mas salientou que a sua forma de ser e estar no FC Porto obriga-o a estar junto das equipas.

"Não vou deixar de viver por ter medo de morrer, senão não morro mas também não vivo que é a mesma coisa", afirmou Pinto da Costa, assegurando que cumpre todas as normas que são recomendadas pelas autoridades de saúde para diminuir o risco de transmissão do novo coronavírus.

Esta declarações está a ser entendida como uma 'boca' a Luís Filipe Vieira que já contraiu o novo coronavírus e tem estado ausente dos jogos e das viagens da equipa encarnada.

"Essa declaração visa claramente o presidente do Benfica. É indiscutível. É o presidente do FC Porto igual a si próprio", reconheceu João Malheiro, ex-diretor de Comunicação do Benfica, salientando que Pinto da Costa aproveita sempre as oportunidades para enviar recados para a Luz.

"Nunca foi uma pessoa do meu agrado embora reconheça que tem uma militância clubística e uma dedicação ao clube absolutamente inexcedível. Desse ponto de vista não há nada a dizer. Quanto ao resto, acho que os prejuízos causados ao futebol são maiores que os benefícios", esclareceu João Malheiro, lembrando há em Pinto da Costa um traço "obsessivo" em relação ao Benfica.

"Tenho de reconhecer a dedicação por uma lado mas, por outro, lança sempre farpas e não é aos adversários é ao adversário bem concreto que é o Benfica. Há um traço obsessivo no presidente do FC Porto em relação ao Benfica", comentou Malheiro, interpretando as palavras do líder dos azuis e brancos.

"Se o presidente do FC Porto dissesse que tem vontade de dizer - eu não lhe desejo outra coisa e sobretudo num momento como este - aí nada a dizer. Agora todos ouvimos. Diz que acompanha sempre as equipas. Naturalmente, é sabido que relativamente a Luís Filipe Vieira tem tido contenção por conselho médico."

Malheiro recorda ainda que já quando era líder da comunicação encarnada se notavam algumas ausências de Vieira aos jogos e refere que em contexto de pandemia essas ausências têm sido mais notadas.

"Luís Filipe Vieira é presidente do Benfica há quase duas décadas e já do meu tempo lembro-me dele faltar a jogos ou sair a meio dos jogos, não ficar até ao final. Isto é sabido, público e factual. E o presidente do FC Porto sempre que pode manda umas bicadas. É um comportamento recorrente na pessoa em causa", disse Malheiro na CMTV.

O presidente do Benfica tem sido substituido por Rui Costa, atual vice-presidente, que tem liderado a comitiva encarnada nos jogos e nas viagens da formação orientada por Jorge Jesus.

Vieira tem procurado estar junto da equipa no Seixal, como vai dando conta a comunicação do Benfica através da divulgação de vídeos da rotina no centro de treinos no Seixal.