Portugal
"Há um penálti sonegado. Só quatro ou cinco pessoas é que não viram"
Redação
2021-04-16 23:10:00
Jorge Costa contesta decisões de arbitragem que mostraram "qual é a equipa grande"

O treinador do Farense, Jorge Costa, assumiu o desagrado com a equipa de arbitragem liderada por Hugo Miguel, devido a um lance entre Tomás Tavares e Nuno Mendes, aos 44 minutos, em que os algarvios reclamaram ter ficado por marcar uma grande penalidade contra o Sporting.

"Só quatro ou cinco pessoas é que não viram o penálti. Depois há interpretações e cada pessoa justifica como quer. É um facto, há um penálti que foi sonegado, numa altura em que podíamos ter empatado. Também é um facto que houve só três minutos de descontos. Há outra decisão [golo anulado por fora de jogo, aos 81 minutos] em que se percebe qual é a equipa grande e qual é a que está em dificuldades", afirmou o técnico, na entrevista rápida à SportTV.

Numa análise à partida, Jorge Costa destacou o "belíssimo jogo" frente ao líder do campeonato. "Ao contrário do que foi dito durante a semana, este Farense merece mais respeito, não joga em bloco baixo. Tentamos jogar, fomos ineficazes, decisões infelizes. O que fica para a história é zero pontos, num jogo e, que merecíamos muito mais do que isto, pelo volume de jogo, pelas oportunidades que criámos. É um sentimento misto de um balneário triste que sabe que fez para merecer muito mais", explicou.

"Muito satisfeito com a exibição, insatisfeito com o resultado. Nós temos produzido de mais para os resultados que temos alcançado nos últimos jogos. Mas acreditamos nesta fórmula e vai ser nesta fórmula que vamos ser felizes", finalizou Jorge Costa.