Portugal
"Há ali algum interesse em desgastar o Rúben Amorim"
2022-10-13 13:55:00
"Há uma perseguição para o atingir a ele", diz antigo líder da Assembleia Geral verde e branca Dias Ferreira

Rúben Amorim está a ser contestado no Sporting como não foi até ao momento. O período é delicado em Alvalade ao nível dos resultados e a crítica faz-se sentir na direção de Rúben Amorim, mas também apontando-se para responsabilidades da Direção liderada por Frederico Varandas.

Dias Ferreira, antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral, nota que existe uma campanha para tentar "desgastar" o técnico interna e externamente. "As coisas são tão aproveitadas internamente e externamente que, para mim, não tenho dúvidas de que há ali algum interesse em desgastar o Rúben Amorim", apontou o antigo dirigente do Sporting, certo de que o treinador está a 'pagar' a fatura pela sua forma de comunicar e de trabalho.

"O Rúben Amorim nestes anos, de reprente, meteu em respeito todos os outros. Deu a volta a um clube e deu a volta a fazer um trabalho", salientou Dias Ferreira, que tem sido um dos defensores do treinador do Sporting.

Por outro lado, o antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral, realça que lhe parece ver este Sporting montado a pensar na gestão financeira e não na questão desportiva.

"Eu não sei se a gestão financeira não foi posta acima da gestão desportiva. Quer dizer, a mim parece-me que foi colocada acima e foi colocada mal", salientou Dias Ferreira na Renascença.

Além disso, o antigo dirigente verde e branco fala em batalhas de poder. "Percebo perfeitamente que houve pessoas que não gostam, que não estão de acordo, acharam que Rúben Amorim tinha muito poder, não era uma questão de poder. Rúben Amorim é a única pessoa que comunica alguma coisa", frisou Dias Ferreira, considerando também que vê algo mais a acontecer no Sporting.

"Aquilo que eu acho é que há um processo para colocar o Rúben Amorim a jeito de servir de desculpa a qualquer coisa", atirou o antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting.

E para Rúben Amorim deixa, por isso, Dias Ferreira mais elogios, como aqueles que tem feito ao longo dos últimos anos na direção do técnico.

"Rúben Amorim enfrentou o 'touro'", referiu Dias Ferreira, acrescentando que os reparos feitos a jogadores ex-SC Braga têm um destinatória concreto.

"Ali eu acho que há uma certa perseguição e há uma perseguição para o atingir a ele, uma vez que são dois jogadores que ele manifesta confiança e vieram do SC Braga, não é por acaso que as coisas chegam por ali", concluiu Dias Ferreira.