Portugal
“Gyökeres ganha a Jardel, Liedson, Acosta, Slimani ou Tiuí. Perde para Pinilla”
2024-02-12 11:30:00
"Muitos vão dizer que faltam-lhe títulos para que o recordem. Não lhe falta nada para ser inesquecível"

Viktor Gyökeres segue imparável com golos, assistências e movimentações constantes na frente de ataque do Sporting, provocando desgaste nas defesas contrárias e abrindo espaços para os companheiros se evidenciarem também. O rendimento do internacional sueco de leão ao peito deixa os adeptos encantados e Márcio Madeira, antigo jogador de futebol, agora comentador, destaca que o camisola 9 supera vários nomes de goleadores que conheceu no Sporting.

“Dos avançados que vi no Sporting, Viktor Gyökeres é o mais completo. Não estou a dizer que é o mais goleador. O mais tecnicista. O mais habilidoso. O que joga melhor de cabeça ou de pé direito/esquerdo. Digo o mais completo”, identificou Márcio Madeira, certo de que “ganha por largos pontos a Jardel, Liedson, Acosta, Slimani ou até Rodrigo Tiuí. Perde para Pinilla”.

Gyökeres comparado a outros ex-avançados do Sporting e "perde para Pinilla"

O antigo jogador profissional de futebol reiterou a ideia. “Volto a reforçar que não me refiro a ser melhor ou pior do que quem quer que seja. Refiro-me a todas as qualidades que em conjunto me fazem ter esta apreciação sobre o sueco”, defendeu Márcio Madeira, em referências deixadas nas suas redes sociais, vincando as capacidades que vê no internacional sueco do Sporting.

“Faz golos, assiste, joga em apoio, pede em profundidade, divide, pressiona e, como se isto tudo não bastasse, ajuda a defender”, realçou Márcio Madeira, certo de que “Gyökeres é diferente", sendo um jogador que, como já foi dito por Fernando Mendes, "não engana".

"É solidário e comprometido com a causa. Trabalha para e pelos colegas”, vincou o ex-futebolista que foi colega de Amorim no início de carreira de ambos.

Além disso, Madeira sustentou que “o Sporting já teve outros grandes pontas de lança". Mas Gyökeres acaba por lhe despertar as atenções". "Claro que sim. Mas nenhum com este carisma e empatia que o sueco tem com as bancadas”, afirmou Márcio Madeira, elogiando a aposta feita pela administração verde e branca.

"Muitos clubes viram Gyökeres, mas só um assumiu o risco da sua contratação"

“Foram os leões que acreditaram que alguém com 25 anos ainda estava a tempo de ser feliz. De ser ídolo”, apontou Márcio Madeira.

De resto, o antigo jogador deixou no ar algumas interrogações em jeito de elogio ao Sporting. “Ou acreditam que mais ninguém sabia do rapaz no Coventry? Que não estava identificado?”, questionou.

Para Márcio Madeira, “muitos clubes viram, mas só um assumiu o risco da sua contratação com esta idade e por este valor.”

Assim, em jeito de conclusão, Márcio Madeira disse ainda que “muitos vão dizer que faltam-lhe títulos para que o recordem.”  Porém, para o antigo futebolista pouco ou nada resta ao internacional sueco para morar na memória dos adeptos. “Eu digo que não lhe falta nada para ser inesquecível.”