Portugal
“Ganhámos por um resultado escasso”, considera Julio Velásquez
Redação
2021-04-25 19:35:00
Treinador do Marítimo destaca o “grandíssimo jogo” no triunfo sobre o Boavista

Julio Velásquez, treinador do Marítimo, não escondeu a satisfação com o triunfo no Bessa (0-1), que permitiu à formação madeirense ultrapassar o Boavista na classificação. “Sinceramente, fizemos um grandíssimo jogo do primeiro ao último minuto. Fomos dominadores absolutos e merecemos a vitória. Ganhámos por um resultado escasso face ao que se passou e podia ter sido mais amplo”, comentou.

“Mudámos algumas situações ao intervalo, mas não foram por consequência de não estar a gostar da primeira parte. Muito pelo contrário, fizemos coisas muito interessantes. Os objetivos para hoje eram ganhar e ter continuidade no processo durante os 90 minutos. Fizemos um jogo muito completo e interessante. Encontrámos espaços para progredir, tivemos ocasiões para não ganhar apenas 1-0 e não me lembro de muitas ocasiões do Boavista”, reforçou o treinador do Marítimo.

A equipa tenta assumir “uma ideia de jogo” num contexto difícil, a lutar para sair dos lugares perigosos da tabela, “uma situação que não é fácil a nível emocional”. Quando cheguei, a equipa estava no último lugar e não é fácil ganhar confiança. Por isso mesmo, estes jogadores têm ainda mais mérito. A resposta dos jogadores foi excecional e a cada dia que passa sinto-me mais orgulhoso por ser treinador deles. Estou satisfeito com a predisposição de todos para trabalhar e evoluir numa linha positiva”, elogiou.

“É a segunda jornada seguida a ganhar sem sofrer golos”, realçou o técnico: “O objetivo é ganhar, mas, como consequência de atacar bem, defendemos bem. Depois, ganhámos no confronto direto a mais um adversário. Esses detalhes podem ser muito importantes no final da época. Nesta fase, há que cuidar os detalhes ao máximo”.

“Acredito na manutenção do Marítimo da mesma maneira que acreditava quando cheguei. Não tive, tenho e terei dúvidas de que vamos ficar na I Liga. Estou certo de que vai ser uma luta duríssima até à última jornada, mas é preciso manter o equilíbrio emocional. Ainda faltam cinco jogos e iremos competir da melhor maneira possível para tentar ganhar. Não podemos pensar que o trabalho está feito. Assumiremos cada jogo de uma vez, recuperando e preparando bem para tentar somar o máximo de pontos até ao final”, finalizou Julio Velásquez.