Portugal
"Futebol português não vai mudar, não vale a pena estar a chatear-me"
2022-02-14 20:15:00
Amorim e os incidentes no Dragão

O treinador do Sporting Rúben Amorim afirmou não acreditar na mudança no futebol português depois dos incidentes no Estádio do Dragão e nos consequentes desenvolvimentos.

Rúben Amorim, que falava durante a conferência de imprensa de antevisão ao jogo da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, onde irá medir forças com os ingleses do Manchester City, reconheceu que o que se passou no Estádio do Dragão “não foi bonito”, e responsabilizou todos os intervenientes.

“Foi muito dito que os jogadores têm de mudar, os treinadores dar o exemplo, que aquilo começou porque o treinador-adjunto foi para a linha... não se fala de futebol, como joga o City, o Sporting. Acho que toda a gente tem de mudar, há muitas perguntas que, sempre que estamos aqui, são extrafutebol. Também há de mudar um pouco a forma como se olha para o futebol e focarmo-nos no jogo. Acho que o futebol não vai mudar e volto a dizer: os meus jogadores são reflexo do treinador. Eu tenho, se calhar, de melhorar. Os jogadores também, mas não só”, afirmou quando questionado sobre o assunto.

Perante a insistência, Rúben Amorim deixou claro que o foco tem de permanecer no futebol, como jogo e não em tudo que está em paralelo.

“Se há coisa boa no futebol português são jogadores e treinadores. Há muita gente à volta do futebol que também tem de melhorar muito e focar-se naquilo que é o jogo. O futebol português não vai mudar, não vale a pena estar a chatear-me”, repetiu.

No final do jogo FC Porto – Sporting (2-2), da 22.ª jornada da I Liga, houve vários desentendimentos e agressões entre jogadores e membros staff das duas equipas.

Certo, para Rúben Amorim, é que a equipa está concentrada para o jogo com o líder isolado do campeonato inglês. O Manchester City, campeão em título, tem 63 pontos, mais nove que Liverpool, segundo classificado.

“Será muito difícil conseguir tirar o foco neste jogo aos meus jogadores. Pela segunda vez o Sporting está nesta fase da prova, vai defrontar uma das melhores equipas do mundo. O que se passou no Estádio do Dragão não vai ter consequência neste jogo”, garantiu.

O Sporting recebe esta terça-feira, às 20 horas, o Manchester City em jogo da primeira mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões que será arbitrado pelo sérvio Srdjan Jovanovic.