Portugal
Frases e declarações marcantes de Jorge Jesus
2021-12-28 14:25:00
Seleção de palavras que marcaram a segunda passagem do treinador pela Luz

Jorge Jesus já não é treinador do Benfica. O técnico deixa o cargo sem conquistar qualquer título naquela que foi a sua segunda passagem pelo comando técnico das águias. Fique com uma seleção de frases que marcaram a segunda passagem de Jorge Jesus pelo futebol do emblema lisboeta.

 

“Não vamos jogar o dobro, vamos jogar o triplo. (…) Sabemos os alvos que queremos, sabemos até onde podemos chegar e temos de ter consciência dos jogadores que podemos contratar. O Benfica tem um leque de jogadores com muito valor e, com a ajuda de outros, vamos fazer uma grande equipa e vamos arrasar.”

Na sua apresentação como novo treinador do Benfica

03-08-2020

 

“Todos sabemos que financeiramente não é fácil. Tem de haver uma engenharia financeira, na qual o presidente é muito forte. O Cavani [futebolista uruguaio] já estava a ser falado e conversado antes de eu chegar ao Benfica. O presidente está a fazer tudo para que isso aconteça.”

BTV, 08-08-2020

 

“Não sei o dia de amanhã. Posso acabar a carreira no Benfica, mas não sei. O presidente ofereceu-me quatro anos e foram dois. Eu só queria um. Desejava voltar ao Benfica, queria voltar a Portugal.”

BTV, 08-08-2020

 

“Num dia podes pensar num onze e no outro ficar sem três jogadores. Uma coisa é teres um problema de covid-19 com um ou dois jogadores, outra coisa é com 10 ou 11. Nenhum treinador está habituado, é impotente. Eu sou impotente, não tenho força para reverter seja o que for. Tem de ser com os jogadores que estão em condições e é com esses que vou para a luta. [Com] os outros não posso fazer nada.”

24-01-2021

 

“Quando cheguei disse que o Benfica seria uma equipa para arrasar, começámos bem a época, mas ninguém no mundo previa e sabia disto. Foi o covid que nos arrasou.”

BTV, 08-02-2021

 

“É preciso melhorar o futebol português, jogar melhor e deixarem-se destas tretas. Não estou a falar das arbitragens, estou a falar dos jogadores. Estou a falar das equipas. Hoje passa-se os jogos a ouvir os jogadores a gritar. Têm de ser mais sérios, respeitem mais o jogo.”

11-02-2021

 

“Hoje, no futebol português, qualquer coisinha – uma jogada individual em que é normal o jogador ter os braços abertos para defender o espaço – o colega toca numa pestana e parece que lhe arrancaram o olho, tudo para o árbitro sancionar. Os jogadores portugueses estão nesta treta.”

11-02-2021

 

“O futebol português tem de melhorar pelo antijogo, por situações em que todas as equipas hoje querem impor a sua razão pelo grito. Qualquer falta, toda a gente salta do banco, toda a gente quer mandar no árbitro. No futebol há contacto, não pode é haver agressões físicas nem verbais. E disse, e volto a dizer, que isto não tem nada a ver com a arbitragem nem com árbitros.”

13-02-2021

 

“Chega de me responsabilizarem. Ao presidente a mesma coisa, porque ele não treina. E os jogadores a mesma coisa, porque muitos deles, ao fim do 13.º dia, tive de os pôr a jogar. Não vou sair por pé nenhum, porque eu não me sinto responsável por esta crise. Nem eu, nem os meus jogadores, nem a estrutura.”

24-02-2021

 

“Disseram-me que vai haver um buzinão [de protesto de adeptos]. Devia era haver um buzinão para nos dar carinho! Não sabem o que sofremos durante dois meses.”

24-02-2021

 

“A preocupação de muitos treinadores é mata, mata, mata. Mata quem? A jogada! Isto também são questões que se colocam, não só do ponto de vista desportivo, como profissional. Porque o que me importa a mim é ensinar os meus jogadores a organizarem-se defensivamente, a parar o adversário pela organização defensiva e não constantemente falta, falta, falta, mata, mata, mata, mata. Eu só oiço os treinadores portugueses, quando jogam contra o Benfica, a dizer mata, mata, mata, mata.”

07-03-2021

 

“[O público] é o 12.º jogador. Sabemos que se abrir na data que estão a dizer, nesses jogos não vai estar o estádio cheio, mas por muito [poucas] pessoas que possam ir, para nós será sempre como se o estádio estivesse lotado, porque já não estamos habituados ao calor do público, ao carinho do público, e isso tem prejuízos para equipas como o Benfica, que tem uma massa associativa que é a maior em Portugal.”

12-03-2021

 

“Os árbitros refugiam-se nesta nova lei do contacto, tudo o que seja contacto entre jogadores marcam falta. Não interessa se é a favor do Benfica ou não, mas, que eu saiba, no futebol pode haver contacto porque isto não é basquetebol. E mesmo aí, quando há disputa de bola entre dois jogadores, ele existe. No futebol, todos os lances de cobertura de espaço são falta. Os árbitros não percebem nada disto porque nunca jogaram.”

13-03-2021

 

“Essa questão da formação é que importa alimentar, para ver se se vendem jornais. Mas na prática não é esse o meu historial. Neste momento está a jogar a lateral-direito, como titular, um jogador que é da formação do Benfica, o Diogo. No ano passado jogava o que foi para o City, mais nada. Tem a ver com características e valores.”

20-03-2021

 

“É fácil lançar jovens quando são acima do normal. No Flamengo lancei um júnior de 17 anos a titular, júnior! Foi para o Real Madrid por 35 milhões. É uma questão de ter jogadores com essas qualidades. Tomara eu que o Benfica tenha 2, 3, 4 jogadores na primeira equipa, é bom sinal. O Gonçalo Ramos é primeiro ano de sénior, tem potencial e passo a passo vai crescer. Tirando exceções, como caso do Félix, acontece pouco. Todos os treinadores gostam de lançar jovens, todos.”

20-03-2021

 

“O futebol, ao longo da história, é um jogo feito para o povo, em que os melhores criam um historial que é conquistado por resultados desportivos, portanto só pelos resultados desportivos pode haver a elite do futebol.”

Sobre a Superliga

21-04-2021

 

“Estas situações fazem-me um bocadinho lembrar antigamente, quando víamos aqueles jogos do futebol sul-americano que acabava tudo à porrada e isso já não existe. E nós temos de começar a pensar e a caminhar todos com uma ideia em defesa do futebol, porque no fundo é isto que nos alimenta e faz com que cada um tenha a sua atividade profissional.”

Sobre os incidentes no final do Moreirense- FC Porto

29-04-2021

 

“O futebol português fora das quatro linhas está muito pior do que quando saí.”

18-05-2021

 

“Este árbitro já nos tirou um penálti nos jogos que empatámos com o Guimarães e com o Nacional, não tem estado bem ao longo da época nos jogos do Benfica. Deixo um alerta para bem do futebol português: as finais da Taça de Portugal não são para premiar árbitros de carreira, são para escolher os melhores. Esta final era importante conquistar, era um título. Época não foi boa e este título não justificava a época.”

Após a derrota com o Sp. Braga na final da Taça de Portugal

23-05-2021

 

“[O guarda-redes Vlachodimos foi decisivo na eliminatória?] Gostam de arranjar polémicas em tudo. O homem da eliminatória chama-se Benfica.”

Após o jogo PSV-Benfica (0-0), da segunda mão do ‘play-off’ de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões

24-08-2021

 

“É como quiserem pintar o quadro. Se eu quiser pintar o quadro, digo-vos assim: em 10 jogos do campeonato, quantas vitórias o Benfica tem? Oito. (...) É conforme eu queira pintar o quadro. Agora, o ideal era ter 100%, 10 jogos, 10 vitórias. É aquilo que o treinador e o presidente do Benfica querem.”

01-11-2021

 

“Nesta casa ninguém está habituado a perder muitas vezes com o rival (…) Não vou fazer um filme deste ano com um jogo. Não é este jogo que tira tudo aquilo que o Benfica tem estado a fazer na Champions League, por exemplo.”

Após a derrota com o Sporting (3-0), no Estádio da Luz, em jogo da I Liga

04-12-2021

 

“Tirámos o Barcelona dos oitavos da Champions, isso dá prestígio.”

Após a vitória por 2-0 frente ao Dínamo Kiev que deu o apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões

08-12-2021

 

“Queria ser uma solução e não um problema.”

Ao anunciar a saída do Benfica