Portugal
FPF decreta minuto de silêncio em homenagem a Alex Apolinário
Redação
2021-01-07 15:10:00
Jogador do Alverca será recordado nos jogos agendados entre esta quinta-feira e o próximo domingo

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decretou o cumprimento um minuto de silêncio em todos os encontros que organiza, em memória do futebolista Alex Apolinário, do Alverca, que morreu hoje na sequência de uma paragem cardiorrespiratória sofrida no domingo.

Em nota divulgada no seu site oficial, a FPF refere que “vai honrar a memória do futebolista Alex Apolinário decretando um minuto de silêncio nos jogos da sua tutela, agendados entre esta quinta-feira e o próximo domingo”.

Alex Apolinário, jogador do Alverca, morreu hoje, aos 24 anos, após ter sofrido paragem cardiorrespiratória num encontro do seu clube frente ao União de Almeirim, realizado no domingo e relativo à 10.ª jornada da Série F do Campeonato de Portugal, que acabou por ser interrompido.

O jogador brasileiro caiu inanimado, ao minuto 27 do encontro, quando se deslocava no campo do Complexo Desportivo do Futebol Clube de Alverca, sem que estivesse a disputar qualquer lance.

Alertado para o sucedido por vários jogadores, o árbitro Gonçalo Carreira, de Leiria, interrompeu a partida e as equipas médicas e bombeiros entraram de imediato em campo, para iniciarem as manobras de reanimação ao jogador, que foi posteriormente transportado para o Hospital de Vila Franca de Xira.

Alex Apolinário chegou ao futebol português no início da temporada de 2018/2019 para alinhar pelo Alverca, após ter representado o Cruzeiro e o Atlético Paranaense no Brasil.