Portugal
"Foi muita pressão, custei muito dinheiro, acho que retribuí", diz Amorim
2021-05-05 23:30:00
Treinador diz-se "sortudo" após garantir qualificação do Sporting para a Liga dos Campeões

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, assumiu que a entrada direta na Liga dos Campeões, garantida matematicamente esta noite com o triunfo sobre o Rio Ave, veio trazer "algum conforto" ao Sporting, que fez uma "aposta de risco" quando o foi contratar "por muito dinheiro" ao SC Braga com a época a decorrer.

“Eu fui pago para fazer o meu trabalho, mas não vou mentir que dá algum conforto, mais para o presidente, Frederico Varandas, e para o Hugo Viana. Eu lido bem com isso, mas foi uma pressão grande na altura, foi muito dinheiro, eles arriscaram muito, acho que retribuí”, comentou o técnico leonino, quando questionado se sentia que ‘estava pago’ após garantir matematicamente o acesso direto à Liga dos Campeões, durante a entrevista rápida à Sport TV.

"Estar na Champions era importante para o clube, mas até ao final ainda falta muito", alertou Rúben Amorim, que esta noite alargou para 31 a sequência de jogos do Sporting sem perder. "Isso diz que sou um sortudo por ter jogadores que sabem das suas limitações, mas que têm um coração muito grande. Honramos o clube. Soubemos sofrer, soubemos crescer durante a época. E conquistámos um lugar na Champions, que era importante para o clube ter dinheiro. Agora é continuar", comentou.

Sobre a euforia que tem tomado conta dos adeptos leoninos, o treinador lembrou que ainda há muito "sofrimento" pela frente: "Digo-lhes que têm de descansar bem, usufruir da família, porque daqui a uns dias têm mais duas horas de sofrimento. Eles têm de se preparar, sabendo que podemos perder pontos com qualquer equipa. É preparar bem, porque o sofrimento vem aí".

Já sobre o Rio Ave, lembrou a entrada "agressiva" da turma de Vila do Conde, que tornou o jogo "muito perigoso". "Nós tivemos várias oportunidades, podíamos ter feito mais golos. Mas ganhámos num campo difícil e é uma vitória justa", concluiu.