Portugal
Fernando Santos garante Portugal preparado para defrontar Suécia sem Ronaldo
Redação
2020-10-13 20:55:00
"Esta equipa já demonstrou que tem capacidade coletiva para resolver as dificuldades que são colocadas"

O selecionador Fernando Santos afirmou hoje que Portugal está preparado para defrontar a Suécia sem Cristiano Ronaldo e considerou que os escandinavos serão muito importantes nas contas finais do Grupo 3 da Liga das Nações de futebol.

“Esta equipa já demonstrou que tem capacidade coletiva para resolver as dificuldades que são colocadas. Tenho confiança absoluta. Gostava de ter Cristiano Ronaldo. Nenhuma equipa fica mais forte sem o melhor do mundo, mas tenho confiança absoluta nos que vão entrar em campo”, afirmou Fernando Santos, recusando divulgar quem será o substituto do capitão da seleção nacional frente à Suécia.

“Amanhã [quarta-feira], por volta a 18:00, vão saber”, acrescentou.

O selecionador nacional falava aos jornalistas na Cidade do Futebol, em Oeiras, na conferência de imprensa de antevisão do encontro de quarta-feira com os suecos, da quarta jornada do Grupo 3 da Liga das Nações, que irá decorrer no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

“Uma alteração na equipa inicial vou ter de fazer. Não queria, mas tem de ser [Ronaldo]. Poderá acontecer mais uma ou outra, mas a equipa a equipa não será muito diferente daquela que jogou com França. Há também a questão da frescura física dos jogadores”, explicou.

Para Fernando Santos, a Suécia, que Portugal venceu por 2-0 em Solna, na segunda jornada, é uma equipa de “grande qualidade, que trabalha muito e com qualidade técnica”.

“Está em último lugar, mas as contas do grupo passam muito por esta Suécia. É muito importante vencer”, frisou o selecionado luso.

Fernando Santos mostrou-se ainda satisfeito com a presença de 5.000 adeptos no Estádio José Alvalade, naquele que vai ser o jogo em Portugal com mais adeptos desde o início da pandemia da covid-19.

“Cinco mil já é muito bom neste cenário. É sempre entusiasmante ter público. Ter um estádio cheio a cantar o hino seria melhor, mas mesmo assim vai ser importante. Importante para mim e para os jogadores”, confessou.

Portugal e França seguem no topo no Grupo 3, com sete pontos, embora a formação lusa tenha para já vantagem na diferença de golos, enquanto a Croácia é terceira, com três pontos, e a Suécia segue em último, sem nenhum ponto.

O Portugal-Suécia está agendado para as 19:45 e terá arbitragem do sérvio Srdjan Jovanović.