Portugal
Feirense vence o Leixões e ascende ao segundo lugar da II Liga
Redação
2020-12-30 22:05:00
Fogaceiros mantêm perseguição ao líder Estoril

O Feirense venceu hoje o Leixões por 2-0, em jogo da 13.ª jornada da II Liga de futebol, disputado no Estádio Cidade de Coimbra, ascendendo ao segundo lugar da prova.

A vitória em casa emprestada, em virtude do castigo da Federação Portuguesa de Futebol, que interditou o Estádio Marcolino Castro por dois jogos, começou a ser construída com um golo de Feliz, aos 21 minutos.

O Leixões ainda empatou por Rodrigo (26), mas os golos de Edson Farias (59) e Sérgio Silva (86) consumaram o triunfo do Feirense, o terceiro consecutivo na competição e que lhe permite ascender ao segundo lugar.

O Feirense foi quem teve mais iniciativa ofensiva na fase inicial da partida e Fábio Espinho deu o primeiro aviso à defesa do Leixões, num remate forte que obrigou Beto a uma defesa apertada, aos três minutos.

A ambição demonstrada pelo Feirense em chegar à baliza contrária acabou por ser compensada aos 21 minutos, com Feliz a dar vantagem à equipa de Filipe num remate já dentro da área, que foi desviado por Brendon e traiu o guarda-redes Beto.

O Leixões não tardou em responder e repôs a igualdade pouco depois, com Rodrigo a aproveitar um mau alívio do guarda-redes Bruno Brígido, num remate que sofreu um desvio em João Tavares, aos 26 minutos.

Na segunda parte, o Feirense intensificou a pressão ofensiva e esteve perto de recuperar a vantagem num remate de Mica que saiu muito perto do poste da baliza do Leixões, aos 49 minutos.

Pouco depois, Ícaro dispôs de duas oportunidades para passar o Feirense para a frente do marcador, primeiro num remate que obrigou Beto a uma grande defesa (51), e depois num cabeceamento que saiu ao lado da baliza, aos 57 minutos.

Balanceado no ataque, o Feirense acabou por se colocar em vantagem num golo de belo efeito de Edson, num remate forte de longa distância que apanhou Beto desprevenido, aos 59 minutos.

Apesar de sentir algumas dificuldades para chegar à baliza do Feirense, o Leixões esteve muito perto do empate, que acabou por ser evitado pelo poste da baliza de Bruno Brígido, após um cabeceamento de Nenê à entrada da pequena área, aos 68 minutos.

O Feirense sentenciou o triunfo numa altura em que controlava o ímpeto do Leixões, com Sérgio Silva a desviar a bola para a baliza ao segundo poste, na sequência de um canto marcado por Feliz, aos 86 minutos.

Jogo no Estádio no Estádio Cidade de Coimbra, em Coimbra

Feirense – Leixões, 3-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Feliz, 21 minutos.

1-1, Rodrigo, 26.

2-1, Edson Farias, 59.

3-1, Sérgio Silva, 86.

Equipas:

Feirense: Bruno Brígido, Diga, Ícaro, Sérgio Silva, Zé Ricardo, João Tavares (Latyr, 69), Mica, Edson Farias (Ruca, 83), Feliz, Fábio Espinho (Fati, 76) e João Victor (Fabrício, 69).

(Suplentes: Igor, Fati, Fabrício, Cris, Agdon, Latyr, Flávio Ramos, Ruca e Davi Luís)

Treinador: Filipe Rocha.

Leixões: Beto, Jefferson, Pedro Pinto, Brendon, Seck (Wendel, 63), Cristophe (Rui Pedro, 82), Rodrigo, Rafael Furlan, Kiki (Belkheir, 76), Avto e Nenê.

(Suplentes: Stefanovic, Tiago André, Rui Pedro, Jota Silva, Rücker, Edu Machado, Lucas Lopes, Wendel e Belkheir).

Treinador: Renato Paiva.

Árbitro: João Pinheiro (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Diga (44).

Assistência: Jogo à porta fechada devido à pandemia de covid-19.