Portugal
Feirense derrota Vilafranquense com reviravolta na segunda parte
Redação
2021-02-06 13:55:00
Equipa de Santa Maria da Feira sobe provisoriamente ao segundo lugar

O Feirense subiu hoje provisoriamente ao segundo lugar da II Liga, ao vencer na receção ao Vilafranquense, por 2-1, após reviravolta no encontro da 19.ª jornada.

No Estádio Marcolino Castro, em Santa Maria da Feira, a formação de Vila Franca de Xira chegou à vantagem, por Vítor Bruno, no último lance da primeira parte, mas o Feirense conquistou a vitória na segunda parte, com golos de Mica e Fabrício.

O Feirense ascende provisoriamente ao segundo lugar da II Liga, com 37 pontos, mais um do que a Académica, que hoje visita o Estoril Praia, líder da prova.

Numa primeira parte pautada pelo equilíbrio, a primeira oportunidade de golo surgiu dos pés de Fabrício, que rematou cruzado à entrada da área para uma boa defesa de Tiago Martins, aos 13 minutos.

A resposta do Vilafranquense surgiu na sequência de um canto, e André Claro esteve perto do golo, cabeceando ao segundo poste e com a bola a sair perto da baliza (18).

Até ao final da primeira parte, prevaleceram os duelos a meio-campo e sem oportunidades de golo, mas o Vilafranquense acabou por se colocar em vantagem após um cruzamento traiçoeiro de Vítor Bruno, que entrou junto ao poste da baliza de Bruno Brígido, num lance em que foi mal batido (45+1).

O Feirense foi acutilante no início do segundo tempo e chegou à igualdade com um golo de Mica, que rematou forte e colocado de longa distância, com a bola a entrar no ângulo da baliza de Tiago Martins, aos 50 minutos.

Apesar do ímpeto do Feirense, o Vilafranquense respondeu com perigo, aos 56, na sequência de um canto, com Bruno Brígido a defender por instinto um remate de Jefferson à entrada da área, negando o empate à equipa comandada por João Tralhão.

O Vilafranquense acabou por não resistir à pressão do Feirense, que consumou a reviravolta no marcador após um contra-ataque, com Fabrício a dar a melhor sequência a um passe der Marcus para a entrada da área, rematando com eficácia para a baliza de Tiago Martins, aos 66 minutos.

Em desvantagem, o Vilafranquense foi mais pressionante na fase final da partida e quase chegava à igualdade, num remate de Evandro Brandão que obrigou Bruno Brígido a uma defesa junto ao poste, aos 76 minutos.

Com este desaire, o Vilafranquense ocupa o 12.º lugar, com 18 pontos.