Portugal
FC Porto e Benfica ‘cumprem’ antes do ‘clássico’ e reduzem margem para o líder
Redação
2021-05-01 00:05:00
Síntese dos jogos de sexta-feira para a 30.ª jornada da I Liga

FC Porto e Benfica superaram, na sexta-feira, os respetivos jogos da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol e reduziram provisoriamente a desvantagem para o Sporting, mantendo-se separados por quatro pontos, em vésperas do ‘clássico’.

Os ‘dragões’, sem o treinador Sérgio Conceição no banco, a cumprir o primeiro de quatro jogos de castigo, venceram por 3-2 o Famalicão (13.º), com Toni Martínez, Taremi, de grande penalidade, e Grujic a ‘faturarem’ os tentos do triunfo portista, que ainda foi ameaçado por Ivo Rodrigues e Anderson.

Após o empate em Moreira de Cónegos, os ‘azuis e brancos’, com 70 pontos, retomaram o caminho dos triunfos, que lhes permite não só pressionar o líder Sporting (73), que no sábado recebe o lanterna-vermelha Nacional, como também manter a vantagem de quatro pontos para o Benfica (66), terceiro colocado, antes do duelo entre ambos, no Estádio da Luz.

Na visita ao Tondela (nono classificado), Pizzi e Everton ‘carimbaram’ o triunfo benfiquista, por 2-0, naquela que foi a nona vitória da formação comandada por Jorge Jesus nos últimos 10 jogos do campeonato e que serviu igualmente para que as ‘águias’ atingissem os 100 tentos na presente temporada (58 na I Liga).

Face às duas derrotas seguidas do Sporting de Braga (58 pontos) na prova, o Benfica colocou-se a oito pontos dos bracarenses, quartos classificados, e reforçou a vantagem na corrida a uma vaga na Liga dos Campeões.

O Paços de Ferreira deu um passo importante para garantir o quinto lugar do campeonato e a consequente presença na nova Liga Conferência Europa, ao quebrar uma série de cinco partidas sem vencer, na receção ao Belenenses SAD.

Uma grande penalidade convertida por João Pedro, a cinco minutos do final, assegurou o triunfo por 1-0 dos pacenses, que somam 48 pontos, mais sete do que o Vitória de Guimarães (41), sexto colocado, enquanto a formação lisboeta, que não perdia há quatro partidas, segue no 10.º posto, com 34.

Apesar da diferença para o emblema da ‘capital do móvel’, o Vitória de Guimarães mantém aspirações de alcançar a quinta posição, depois de hoje ter superado o dérbi minhoto com o Moreirense, por 2-0, com golos de André Amaro e André Almeida, que asseguraram a segunda vitória dos vimaranenses nos últimos nove encontros para a I Liga.

Com esta derrota, o Moreirense, que tinha ‘roubado’ pontos ao FC Porto na ronda anterior, falhou a ultrapassagem ao Vitória, mantendo-se em sétimo, com 36 pontos, os mesmos do Santa Clara, que recebe o Boavista no sábado, às 18:00 (hora de Lisboa).

Além do duelo entre açorianos e ‘axadrezados’, jogam-se ainda no sábado o Gil Vicente-Farense (15:30), o Portimonense-Rio Ave (18:00) e o Sporting-Nacional (20:30), que encerra a 30.ª jornada.